Blog do UOL Tecnologia

4chan x Facebook: criador de fórum anônimo critica Zuckerberg

Ana Ikeda

Responda rápido: ser autêntico na internet é manter informações reais sobre a sua vida em perfis na rede ou expressar sua opinião livremente protegido pelo anonimato?

Bem, se você é da turma de Christopher Poole (aka moot), criador do 4chan, ficaria com a segunda opção.

Christopher Poole, 24, criador do 4chan: “Anonimato é autenticidade''

O fórum lançado em 2003 pelo americano quando tinha apenas 15 anos é o maior reduto de ativistas digitais atualmente (o grupo Anonymous, que realizou ataques pró-Wikileaks é um deles). Isso porque no site abriga quem quer compartilhar qualquer tipo conteúdo – sim, qualquer mesmo – sem medo de retaliações, já que ele não guarda nenhum tipo de histórico. Nem mesmo no Google. O fórum reúne, atualmente, cerca de 25 milhões de usuários.

Poole, que participou do SXSW (evento sobre filmes, música e interatividade nos EUA) neste último final de semana, criticou uma recente afirmação de Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, sobre a necessidade da identidade online de uma pessoa estar atrelada à sua identidade na vida real – e da “falta de integridade'' da postagem anônima. “Acho isso totalmente errado”, bradou o fundador do 4chan. “Anonimato é autenticidade. Ele permite que você compartilhe [informações] sem enfeites, sem filtros, de forma crua e real.”

Outra vantagem do anonimato, frisou Poole, é a liberdade de uma experiência online sem temer represálias. “O custo de uma falha é realmente alto quando você contribui como ‘você mesmo’”, disse.

Concorda com o jovem? Ou, como Zuckerberg, acha mesmo que a vida real é espelho do perfil online?

Lá do Guardian

Imagem: Reprodução/Guardian

  1. Alessandro Costa de Oliveira

    15/03/2011 15:22:40

    Não vou ficar do lado de nenhum dos dois. Não concordo com esta frase de que anonimato é autenticidade. Pergunto: Será que alguém com um perfil anônimo, falar sobre um assunto que vire um hit na internet, vai querer continuar anônimo. Ser anônimo quando nos interessa e fácil, o difícil é ser autêntico, real e sem se esconder nos muros de perfis na internet.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso