Blog do UOL Tecnologia

Arquivo : Smartphones

Microsoft deve lançar novos smartphones top de linha em 6 de outubro
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

microsoft

A Microsoft começou a disparar os convites para um evento especial a ser realizado no dia 6 de outubro, em Nova York (Estados Unidos), quando possivelmente deve apresentar dois novos smartphones top de linha e encerrar o jejum de mais de um ano sem lançamentos do tipo.

“Nós temos algumas novidades emocionantes para compartilhar sobre os dispositivos Windows 10″, disse a empresa norte-americana, que manteve suspense sobre os seus possíveis lançamentos. Ainda assim há grandes indícios de que, além dos celulares Lumia 950 e Lumia 950 XL, a marca apresente um novo tablet: o Windows Surface Pro 4.

Vale lembrar que embora a Microsoft tenha colocado no mercado diversos smartphones intermediários e básicos nos últimos 12 meses, o Nokia Lumia 930 foi o último top de linha da empresa. O aparelho foi anunciado em abril de 2014, na conferência para desenvolvedores da marca. Neste período, as concorrentes Apple e Samsung chegaram a lançar quatro dispositivos do tipo cada.

Os possíveis novos smartphones da Microsoft têm sido alvo de rumores há meses. Algumas especificações e imagens chegaram a vazar.

lumia

O Lumia 940 XL deverá apresentar uma tela Quad HD de 5,7 polegadas, processador Snapdragon 810 octa-core, 3 GB de RAM, 32 GB de armazenamento, câmera traseira com 20 MP, câmera frontal de 5 MP, slot microSD, bateria de 3.300mAh e acabamento metálico. Já a versão 940 deve se diferenciar pelo tamanho (5,2 polegadas) e pelo processador (Snapdragon 808 octa-core).

Ou seja, os novos dispositivos da Microsoft –com melhores câmeras, tela mais nítida e sistema mais potente– devem vir para competir em pé de igualdade com os Samsung Galaxy 6 e o iPhone 6, que custam por até R$ 3.299 e R$ 4.699, respectivamente.

Falta saber é se os rumores realmente se confirmarão, quanto os dispositivos vão custar, se a Microsoft vai se manter com o título de marca com o melhor custo-benefício, além de como os novos aparelho vão se encaixar na versão mobile do Windows 10.

Novo tablet
A previsão é que o Surface Pro 4 ganhe um incremento no tamanho e na resolução da tela e, ainda assim, se mantenha mais fino e leve do que seu antecessor.


Novos smartphones da Apple devem manter o mesmo preço do iPhone 6
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

appleOs novos smartphones da Apple devem custar o mesmo que o iPhone 6. Fontes ligadas à empresa informaram ao site especializado 9TO5Mac que os lançamentos manterão os mesmos níveis de armazenamos –16 GB, 64GB e 128– de seus antecessores e chegarão ao mercado europeu por a partir de 199 euros (cerca de R$ 839) e por até 499 euros (R$ 2.105).

Diante da alta do dólar no Brasil –que gira em torno de R$ 3,75–é difícil prever se o congelamento do preço também se aplicará ao consumidor brasileiro. Atualmente, os iPhones 6 e 6 Plus são vendidos de R$ 3.499 a R$ 4.699.

Os lançamentos dos possíveis iPhone 6s e iPhone 6S Plus estão previstos para 9 de setembro, em São Francisco (EUA). Como de praxe, os eventos da Apple são sempre recheados de muito suspense, mas também de muitos rumores. No convite, além da data e do local, consta a seguinte frase: “Hey Siri, give us a hint” (“Olá Siri, nos dê uma pista”, em tradução livre).

Rumores sugerem que os novos iPhones ganhariam o primeiro upgrade de megapixels dos aparelhos da Apple desde a versão 4S, em 2011. A capacidade dos sensores das câmeras passariam para 8 MP (frontal) e 12 MP (principal) e contariam com suporte a flash (as duas e não mais só a principal).

Os novos iPhones devem vir ainda com capacidade de gravação de vídeo em 4K –assim como alguns dos smartphones da linha Galaxy da Samsung–, e a tecnologia Force Touch, o sensor de toque possibilita o reconhecimento de diferentes comandos conforme o grau de intensidade da aplicação. Não devem, no entanto, apresentar grandes mudanças no tamanho e no design. O que espera é um reforço com o uso do alumínio da série 7.000, que é 60% mais forte do que as ligas convencionais, além de ser mais leve.

Sensor de incêndio

Uma patente registrada pela Apple na última terça-feira (1º) indica a possibilidade de os próximos produtos da marca virem equipados com um detector de fumaça, segundo o site Apple Insider.

Se o usuário não perceber o início de um possível incêndio, o celular poderia alertá-lo e até chamar o Corpo de Bombeiros.


Com Android, novo smartphone da BlackBerry vaza na internet; veja
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

blackberrySerá mesmo que a BlackBerry estaria apostando na parceria com o Google para alavancar sua tímida participação no mercado de smartphones? Novos rumores indicam que SIM.

Diversas fotos e até um vídeo com detalhes do suposto novo aparelho da empresa canadense foram publicados pelo jornalista Evan Blass –que já ganhou fama de se antecipar aos anúncios oficiais das fabricantes– , em seu perfil no Twitter.

As imagens revelam um modelo retrô, com uma tela deslizante e um teclado físico –que pode ser ocultado quando o display está para baixo. O formato do menu da tela principal também indica a presença do Android como sistema operacional.

Ainda não há nenhuma confirmação oficial da BlackBerry e do Google sobre a existência do smartphone, tampouco sobre suas especificações e sobre as previsões para o seu lançamento.


“Família” de smartphones vai de usuário básico a avançado; veja as diferenças entre modelos
Comentários Comente

Ana Ikeda

Com tantas opções de smartphones no mercado, o consumidor provavelmente se sente um tanto perdido na hora de escolher um desses aparelhos. Já demos dicas básicas aqui para quem pretende comprar o seu primeiro celular inteligente, falando sobre o perfil de cada usuário e qual recurso ele deveria procurar no aparelho. Agora, vamos pelo caminho inverso, mostrando uma linha de smartphones e a qual perfil eles buscam atender.

Como exemplo, vamos usar a linha Xperia, da Sony, com sistema Android. Isso porque recentemente a empresa lançou três modelos no Brasil (Xperia S, P e U) que são muito parecidos por fora, mas se destinam a públicos de consumidores bem diferentes.

Sony Xperia S, P e U: comparação entre ”irmãos”

Veja Álbum de fotos


Perfil #1 – Jovens, mulheres, iniciantes ou “pão-duros”

Você tem um celular básico ou já teve seu primeiro smartphone. Mas ele na verdade estava mais para celular básico “espertinho” do que propriamente “inteligente”. Não era lá muito rápido, tinha uma tela touch meio empacada e era desconfortável para navegar na internet. O que você quer? Um smartphone de fato “smart”, que não deixe você com inveja daquele seu amigo com um iPhone.

Se você é mulher, não vai dar trela para aparelhos grandes, que não caibam naquele compartimento especial da bolsa (infelizmente ainda feito para um celular basicão caber) ou no bolso da calça (#baladafeelings). Nota: óbvio que uma mulher não vai basear a escolha de um smartphone exclusivamente por esses parâmetros, mas se ela procura um aparelho delicado e com funções básicas vai passar longe dos smartphones de Itu. Nota #2: Minhas bolsas não têm compartimento para iPad, mas carrego o tablet nelas mesmo assim. 😛 

Se você é “xóvem” (traduzindo: jovem), quer uma opção com cara de “xóvem”. Isso significa mais opções de cores e personalização.

Se você anda sem grana (ou é pão-duro convicto), prefere um smartphone com preço no “máximo estourando” de R$ 1.000. Muito mais que isso é gastar dinheiro à toa (com recursos adicionais que você não vai aproveitar tanto). Muito menos que isso… é gastar dinheiro à toa também (com recursos a menos que vão decepcioná-lo).

Apelidado carinhosamente de “Júnior” na linha, o Xperia U (R$ 899) é o smartphone que se encaixaria para pessoas com esse perfil. É um aparelho pequeno, sem ser extremamente minimalista. Cabe confortavelmente na palma da mão e é bem levinho.

No quesito “de fato smart”, o aparelho traz um processador dual-core e Android 2.3 (com atualização prevista até o final deste ano), que garante ao celular funcionamento sem “engasgos” como os encontrados em smartphones muito básicos. A tela de 3,5 polegadas é praticamente igual à do iPhone 4 (mas levemente mais alongada), tem boa resolução de imagens e ótima resposta a comandos por toque. Isso garante uma navegação “okay” em sites, sem você ficar com aquela impressão que já não enxerga tão bem de perto.

Para quem gosta de um mundo mais colorido (não é meu caso), o smartphone “brilha muito”. Tem uma faixa de display transparente que a cada toque pisca na cor do tema escolhido (no meu caso, excepcionalmente, roxinho). Quando você vai passando fotos da galeria do celular (rufem os tambores e toquem os sinos), essa faixa muda de cor de acordo com o tom predominante da foto. Essencial para impressionar os amigos “xóvens”. A câmera, aproveitando, é de 5 megapixels (como a do iPhone 4), o suficiente para quem quer postar fotos no Instagram. E, para ainda mais cor na vida, ele vem com mais uma opção de capinha inferior (preta + rosa ou preta + amarela ).

– Veja os detalhes técnicos do Xperia U 

– Procurando um celular basicão? Conheça opções

Perfil #2 – Experientes, discretos e comedido$

Você já tem um smartphone, mas ele já está com os dias contados. A bateria já não dura tanto, ele anda engasgando em algumas tarefas, o sistema operacional não tem mais atualização para esse hardware, a tela riscou… ou simplesmente você cansou dele (acontece, acontece). Chegou a hora de seguir em frente sem ele. #R.I.P

A diferença aqui para quem pretende comprar um smartphone top de linha é tênue, mas tem relação com o dinheiro que você pretende gastar no “upgrade” do aparelho. Aqui vale o custo-benefício: você vai investir em um smartphone melhor que seu atual e quer um conjunto de recursos bacana.

Um smartphone intermediário tem configuração que vai demorar mais para ser deixada para trás. Aliás, essa configuração dele, há um ano, era a de um top de linha lançado no mercado. Ele pode não ser barato como os básicos, mas pelo menos não beira os R$ 2.000, gasto que pode ser considerado exagerado por alguns.

No caso, o Xperia P (R$ 1.399), irmão do meio da linha, combina algumas características top com outras mais básicas. O processador e o sistema operacional são os mesmos do Xperia U. Mas o smartphone é mais confortável que o “Júnior” por trazer uma tela maior, de 4 polegadas, sem ficar “pesadão”: são só 20 gramas a mais.

Um dos destaques do aparelho é a câmera de 8 megapixels (resolução equivalente à do iPhone 4S), suficiente para você cogitar levar apenas o smartphone na sua próxima viagem de férias e deixar a câmera digital em casa.

No quesito design, aqui a coisa fica mais sóbria. O colorido jovial dá lugar a uma cor neutra (cinza metálico), mais elegante e discreta. Todo aquele brilho do display transparente dá lugar a uma iluminação não tão “de balada”.

O modelo dá suporte à tecnologia NFC, ainda pouco usada no Brasil. Fora daqui, por exemplo, basta aproximar o celular do caixa para usá-lo como cartão de crédito. Aqui, dá para usar o Xperia P com SmartTags, etiquetas que guardam configurações e funcionam como atalhos. Em vez de ir até o menu de viva-voz na tela do celular, basta aproximá-lo da SmartTag correspondente.

– Veja os detalhes técnicos do Xperia P

– Outra sugestão: Samsung Galaxy Lite

 

Perfil #3 – Exigentes, gastadores, “fotógrafos” e “fanboys”

Você sempre está atrás das últimas novidades tecnológicas – e provavelmente não se importa em gastar (muito) em algo recém-lançado no mercado. Você quer um smartphone que impressione (você e os outros), com o máximo de recursos possíveis.

Aqui, também se encaixam os “fanboys”: embora o termo seja comumente usado para nos referirmos aos fãs obstinados da Apple, podemos pegá-lo emprestado. Você é fã da marca e quer ter o smartphone que ela indica como sendo o mais potente de todos.

Certamente, tamanho para você é documento: quanto maior o aparelho, melhor. Tanto no quesito praticidade na visualização de fotos, vídeos e internet, quanto no “vamos impressionar os amigos com meu super celular”.

Outro perfil de consumidor aparece aqui: o fotógrafo. Aquele que só vai ser convencido na compra caso o smartphone possua, além de uma resolução “impressionante” na câmera, um software de fotos que corresponda à altura dos muito megapixels que ela traz.

Nesse caso, há o Sony Xperia S (R$ 1.799), embora ele já esteja atrás dos novos supersmartphones no mercado, que já trazem processadores quad-core. Com seu dual-core com mais 1,5 GHz, superior aos irmãos mais novos da linha, o Xperia S é rápido (mas podia ser mais). Decepciona também a falta de atualização do Android 2.3 para o Ice Cream Sandwich (afinal, o Jelly Bean já vem batendo na porta também). Segundo a Sony, isso deve ocorrer por volta de setembro deste ano.

Sendo assim, o destaque mesmo é a supercâmera do Xperia S. São 12,1 megapixels que permitem fotos boas o bastante para você ver na telona plana da sua TV sem perder resolução – a visualização na tela de 4,3 polegadas também é excelente. Ela é combinada ao sensor Exmor, tecnologia que melhora bastante fotos tiradas em ambientes com luminosidade adversa (muita ou pouca).

O software da câmera também é um caso à parte: assim como câmeras digitais, vem com cenas pré-configuradas (retrato, paisagem, festa, praia, cena noturna, etc) que podem ser ajustadas automaticamente se você preferir. Vem também com redução de olhos vermelhos e recurso de tirar fotos panorâmicas. Sim, deixe sua câmera digital em casa.

– Veja os detalhes técnicos do Xperia S

– Conheça aparelhos top de linha à venda no Brasil


Suposto comercial do ‘Playstation Phone’ vaza na web
Comentários Comente

Rodrigo Vitulli

Ainda não é oficial oficiaaaaaaaaaal, mas, entre os principais sites de tecnologia do mundo, o lançamento do celular Sony Ericson Xperia, mais conhecido como Playtation Phone, é tão certo quanto 2 +2 = 4.

Semana passada, a Sony anunciou a nova versão do console portátil PSP. Além do lançamento, a empresa apresentou uma loja virtual para o sistema operacional Android, onde serão disponibilizados jogos da primeira versão do console Playstation. Foi o primeiro indício do Xperia, que supostamente funcionaria com Android. Somado a isso, diversas fotos sobre o celular espalham-se pela web. A Sony não confirma nem nega.

A cada dia que passa, o lançamento do Xperia perece mais palpável. Um site norueguês teve acesso, em primeira mão, a um comercial da Sony com imagens do aparelho. O vídeo, bastante intrigante, mostra uma cena bastante insólita: um “médico” de oficina implanta um polegar opositor nas mãos do mascote do Android. A frase “Andoid is ready to play” (Android está pronto para jogar) fecha o comercial.

Algo me diz que falta pouco.

Lá do Gizmodo
Imagem:
reprodução

Tags : Smartphones


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>