Blog do UOL Tecnologia

Arquivo : tecnologia

Está estressada? Um sutiã pode ajudar a amenizar o problema
Comentários Comente

Bruna Souza Cruz

O que você acha de unir bem-estar e redução de estresse com práticas de respiração? O projeto de um sutiã inteligente parece ter esta finalidade.

Criado por Cindy Gu, ex-estudante de engenharia mecânica e instrutora de yoga, o sutiã Vitali consiste numa espécie de top de ginástica com sensores que medem a variabilidade da frequência cardíaca, o fluxo de respiração e ainda indica quando a sua postura está irregular.

Os sensores ficam concentrados num pequeno dispositivo– que mais parece um sabonete. Caso os batimentos do coração, respiração e/ou postura entrem em modos diferentes do seu padrão, o dispositivo promove uma leve vibração sobre o corpo. É a sua forma de avisar que algo não está bem.

O objetivo é que para resolver os problemas de estresse você tente combinar sua respiração com os efeitos sonoros do sutiã, inspirando e respirando dentro do ritmo estipulado pelo Vitali, até voltar ao normal. A ciência já provou que respirar fundo realmente acalma.

Meditação

O sutiã inteligente também serve para você  praticar exercícios de meditação quando quiser. Segundo a companhia, você pode configurar o aplicativo que vem junto com ele para determinar o tempo e a frequência com que você fará os exercícios de respiração e atenção plena.

Cindy Gu descobriu os benefícios da meditação enquanto se recuperava de um período de depressão. Foi então que a ideia de algo que ajudasse na prática foi sendo desenvolvida.

No caso de uma má postura, o Vitali emite uma vibração para lembrar que é preciso corrigir a postura.

O dispositivo acoplado no sutiã pode facilmente retirado para a lavagem da vestimenta, de acordo com a empresa. Além disso, sua bateria dura até dois dias e sua recarga é via carregador portátil via USB.

Vaquinha online

Para viabilizar a produção e venda do sutiã, a fundadora lançou hoje (11) uma campanha na internet e deseja arrecadar US$ 50 mil até 16 de maio.

Será que ela vai conseguir? A ideia do sutiã é, no mínimo, interessante.

Uma das recompensas para quem ajudar na “vaquinha virtual” é comprar o produto mais barato. O preço de varejo calculado foi de US$ 249 dólares, mas é possível pagar US$ 120 se a compra for feita nesta fase de arrecadação de recursos.

A entrega estimada é para fevereiro de 2018 e eles prometem o envio para “qualquer lugar do mundo”.


Inspirado em aparelhos da Samsung, próximo iPhone pode ter tela curva
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

apple

Ao mesmo tempo em que a Samsung busca inspiração na Apple para os seus próximos lançamentos, a fabricante norte-americana também está sempre de olho na concorrente. E a próxima aposta da empresa comandada por Tim Cook é a tela curva –uma característica já marcante nos aparelhos da sul-coreana.

Segundo o Wall Street Journal, a previsão é que já o próximo iPhone –a ser lançado em 2017– possa ter as bordas da tela curvadas. Essa seria uma das apostas da Apple na tentativa de conter a retração de suas vendas e a pressão por apresentar algo especial na comemoração do 10º aniversário de sua linha de celulares.

O aparelho usaria a tecnologia OLED para, além de possibilitar a curvatura nas bordas, melhorar o contraste entre as cores e aprimorar a autonomia de bateria. O grande problema, no entanto, estaria no aumento do valor da produção do aparelho e, consequentemente, no custo que isso acarretaria ao bolso do consumidor.

O OLED não necessita de um componente da luz de fundo para iluminar a tela, o que garante que ela seja mais fina, mais leve e mais maleável. Mas pode chegar a custar até US$ 50 (cerca de R$ 169) mais para produzir, segundo a estimativa dos analistas.

Para a produção de uma tela curva, como aponta a publicação, a Apple também teria que enfrentar problemas relacionados à capacidade de produção de telas, que atualmente é dominada pela Samsung.

De acordo com o Wall Street Journal, outras empresas do ramo –tais como a LG, Japan Display e Sharp– dificilmente conseguiriam atender a demanda da norte-americana. “A Sharp precisaria gastar mais de US$ 5 bilhões (R$ 16,9 bilhões) para fornecer painéis OLED suficientes para Apple”, exemplificou o jornal.

Basta esperar para saber se a Apple vai conseguir superar esse desafios e vai mesmo investir em um iPhone com tela curva.


Melhor desempenho e inspirações na Apple: veja boatos sobre o Galaxy S8
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

samsung-logo-1424438370054_956x500

Com o fiasco do Note 7, a Samsung parece estar apostando todas as suas fichas em seu próximo grande lançamento: o S8. Se a fabricante mantiver a tradição, seu novo top de linha deve vir a público ainda no primeiro bimestre de 2017, mas os rumores sobre o novo aparelho da sul-coreana não param de surgir.

Além de configurações de peso, os rumores apontam que o novo aparelho se inspirou [e muito] no iPhone. Ao que tudo indica, o S8 virá em dois tamanhos diferentes, não terá mais um botão home físico, passará a ser sensível à pressão e contará com uma câmera traseira dupla.

Há quem diga ainda que o próximo lançamento da Samsung possivelmente vai contar com uma versão de 256 GB de armazenamento interno –como os aparelhos da Apple. O S7, por exemplo, chegou ao mercado com 64 GB e suporte a cartão de até 200 GB. Vale lembrar que há uma grande diferença entre o espaço disponível no microSD e no aparelho, isso porque nem todos os aplicativos permitem ser armazenados na memória expansível.

Não se sabe ainda se a Samsung vai ou não manter o cartão microSD. Mas, o que se especula, é que a fabricante vai ampliar de 4 GB para 6 GB a memória RAM do aparelho. A função do recurso é armazenar dados temporários para que o processador possa acessar informações importantes com rapidez. Uma memória RAM alta contribui para o desempenho do sistema operacional e facilita a abertura de vários aplicativos simultaneamente sem que o celular trave.

Com o upgrade, o S8 se igualará ao Zenfone 3 Deluxe e ficará melhor que o iPhone 7 Plus, que tem apenas 3 GB de memória RAM.

Mas os investimentos da Samsung no seu novo carro-chefe não param por aí. Os rumores indicam ainda que o S8 será o primeiro aparelho a ser lançado com o novo processador da Qualcomm: o Snapdragon 835 –anunciado esse mês e que, segundo seu fabricante, é 40% mais eficiente do que o Snapdragon 821.

Agora basta aguardar para saber se todas essas previsões –bastante animadoras– realmente irão se concretizar. (* Com informações da Phandroid,  BGR e TechTastic


Você compraria um iPhone 7 com o Trump esculpido em ouro?
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

trump_O bilionário Donald Trump não só ganhou as eleições americanas, realizadas na última terça-feira (8), mas também foi a grande inspiração para uma joalheria russa que criou uma versão luxuosa do iPhone 7 com a cara do republicano esculpida em sua carcaça de ouro. É mole ou quer mais?

E para quem acha R$ 3.499 caro [valor da versão mais barata do iPhone 7 no Brasil], espere só até saber por quanto a joalheria de luxo Caviar espera vender o “Trump iPhone”. Para ter a raridade em mãos, será preciso desembolsar pelo menos US$ 3.007 (R$ 10,2 mil), isso sem contar as taxas e o valor da entrega.

Mas, lá na Rússia, o Trump está valendo um pouco menos do que o presidente russo, Vladimir Putin, que também ganhou não só uma, mas várias versões do iPhone 7 inspiradas em sua figura. As peças que mesclam ouro e aço damasco custam a partir de US$ 3.191 (R$ 10,8 mil).

putin_

Por dentro, os  aparelhos mantêm as mesmas configurações de qualquer outro iPhone 7.  E aí, será que as versões luxuosas do lançamento da Apple vão ter saída?


E o título de melhor fantasia vai para… Galaxy Note 7 explosivo
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

O Halloween já passou, mas ainda estamos em tempo de escolher a melhor fantasia da edição 2016 do Dia das Bruxas. Criatividade não faltou. Mas os “pokemons” de plantão que me desculpem, a vitória vai para… o Galaxy Note 7 explosivo.

Muita gente se inspirou na trágica e recente história da Samsung, que teve que retirar o seu celular top de linha do mercado após diversos relatos de explosões. A sul-coreana chegou a anunciar um recall, mas os problemas de superaquecimento permaneceram mesmo após a substituição dos aparelhos–que chegaram a ser até proibidos em aviões.

Portanto, fantasia como a do Galaxy Note 7 explosivo não tinha como ser mais atual e até assustadora, não é mesmo?


Muito bom para ser verdade: rumor aponta que S8 terá configurações de peso
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

Mesmo em meio às polêmicas envolvendo o Galaxy Note 7, começam a surgir os primeiros rumores do Galaxy S8, próximo grande lançamento da Samsung, que deve ser anunciado no primeiro semestre de 2017 . Mas as supostas especificações do novo top de linha da sul-coreana parecem ser boas demais para ser verdade.

Segundo uma imagem divulgada na rede social chinesa Weibo, o S8 será lançado em abril de 2017 por US$ 850 (cerca de R$ 2.754). Bem mais caro que o S7, que começou a ser vendido nos Estados Unidos por US$ 670 (R$ 2.171).

Uma diferença de preço que pode ser explicada pelas configurações de peso. Com um visor 4K de 5,2 polegadas, o rumor aponta que o aparelho será integrado por um processador Snapdragon Qualcomm de oito núcleos de 3,2 GHz, 6GB de RAM, 64GB ou 125 GB de memória interna com suporte a cartão microSD e uma bateria de 4200 mAh. (Só esperamos que não herde o mesmo problema do Note 7).

galaxy-s8-weibo-leak

 

As câmeras do S8 também ganhariam um baita upgrade e passariam de 12MP para 30MP, a principal, e de 5MP para 9 MP, a frontal.  O aparelho contaria ainda com scanner de impressão digital, scanner de íris, carregamento sem fio, carregamento rápido, e um mini-projetor embutido.

Será mesmo que essas previsões vão se confirmar? Não há dúvidas de que a Samsung deve estar apostando todas as suas fichas no S8 para tentar apagar a polêmica envolvendo o Note 7.


WhatsApp deve adotar em breve proteção de conversas com senha
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

whatsapp

Após a polêmica mudança de sua polêmica de privacidade, o WhatsApp planeja implementar um novo mecanismo de proteção com senhas de seis dígitos para a liberação do acesso ao aplicativo.

A informação foi divulgada pelo site Android Authority, que teve acesso a um programa de tradução dos textos padrões do WhatsApp. As frases traduzidas do inglês para o holandês incluem “Digite o atual código de seis dígitos“, “Senhas não coincidem. Tente de novo” e “Insira um endereço de e-mail recuperação“.

Bons indicadores do que pode estar por vir, não? Não está claro, no entanto, se o recurso de senha será opcional ou obrigatório.

Mas o uso de um e-mail de recuperação, como sugere a publicação, tende a ser opcional. O recurso possivelmente será usado para garantir que os usuários possam recuperar as suas senhas mediante o esquecimento.

Vale lembrar que já há diversos aplicativos externos –e sem nenhum relação com o WhatsApp– que possibilitam a inclusão de senhas para a abertura do app, que mesmo sendo criptografado de ponta-ponta não está a salvo de bisbilhoteiros.

 


Tênis do futuro que amarra o cadarço sozinho está mais próximo do que nunca
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

tenis_futuro

A arte imita a vida ou a vida imita a arte? A Nike, por exemplo, parece ter se inspirado bastante no filme “De Volta para o Futuro” para a criação de seu próximo grande lançamento: o HyperAdapt. Um tênis que amarra o cadarço sozinho.

Como assim? O sapato conta com um sistema de cabos internos feito com linha de pesca e controlado por um sensor de pressão na sola.

O seu funcionamento é bem simples. Basta calçar o tênis, os cabos (que assumem o papel de cadarço) se ajustam a partir de uma “equação algorítmica de pressão”. É possível ainda recorrer ao ajuste manual e deixar o cadarço mais solto ou mais preso, apertando um botão localizado na parte lateral.

Conta ainda com luzes de LED no calcanhar, que funcionam como um termômetro para o nível da bateria do tênis com durabilidade de cerca de duas semanas, segundo a Nike. Uma carga completa pode levar até três horas com o uso de um carregador magnético similar ao do Apple Watch.

A novidade está prevista para chegar ao mercado norte-americano a partir do dia 28 de novembro a um preço ainda não divulgado. Mas, possivelmente, não será nada acessível aos “pobres mortais”, que terão que se contentar em sonhar com o clássico da década de 1980.


Vazam imagens dos possíveis novos smartphones da Nokia
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

Nokia-3

Desde a confirmação do retorno da Nokia para o mercado de smartphones, não param de surgir rumores sobre os próximos lançamentos da marca, que possivelmente devem acontecer ainda este ano. Supostas imagens dos novos aparelhos da multinacional finlandesa caíram na rede.

Como aponta o site Nokia Power User, os lançamentos terão um design bastante parecido com o lendário Nokia C1 [aquele aparelho que ronda a internet desde o final de 2015]. Será que é dessa vez que ele ganhará vida?

Ao citar fontes ligadas à empresa, o site afirmou ainda que os “novos Nokias” também foram inspirados no Lumia 925. Além de um espaço na lateral para a antena, contarão com o corpo de “alumínio anodizado” –algo comum aos smartphones top de linha.

Quanto às especificações de hardware, o que sabemos de vazamentos anteriores é que os aparelhos terão telas OLED de 5,2 e 5,5 polegadas, além de processador Snapdragon 820 e câmera traseira de 22,6 MP. É bem provável ainda que os lançamentos sejam integrados com Android. O que não está se sabe, no entanto, é se a marca vai optar pela versão pura ou modificada do sistema operacional do Google.


Novo iPhone deve ser até 33% mais rápido que versão anterior
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

iPhone_7_and_7_Plus_leaked_images-large_trans++go39pNpFMM7pPWHPnmqV_L5OvZ0gcLLoGKB-iZbPqKQ

Os rumores sobre o iPhone 7, previsto para ser lançado nesta quarta-feira (7), não param de surgir. E ao que tudo indica o novo lançamento da Apple tende a ser até 33% mais rápido do que o seu irmão (iPhone 6S), segundo um suposto teste de desempenho do aparelho.

Equipado com o chip Apple A10 e CPU de dois núcleos, o iPhone 7 Plus alcançou 3.379 pontos na avaliação single-core e 5.495 pontos no teste multi-core. Resultados superiores ao do iPhone 6s Plus (Single-core: 2.526; Multi-core: 4.404).

É também parcialmente mais rápido se comparado com o recém-lançado Samsung Galaxy Note 7 –tanto na versão com o processador Exynos (Single-core: 2.067; Multi-core: 6.099) com na versão com o Snapdragon 820 (Single-core: 1.896; Multi-core: 5.511). Perde apenas nos testes de múltiplos núcleos, que favorecem maior desempenho com menor gasto de energia.

Os testes sugerem ainda que o novo iPhone tende a manter os 2 GB de memória RAM, mas será integrado ao iOS 10.1, uns dos principais responsáveis pelos bons resultados de seu desempenho.

processador