Blog do UOL Tecnologia

Arquivo : vida digital

Sucesso do Dire Straits é a melhor forma de acabar um filme
Comentários Comente

Márcio Padrão

Uma canção de 31 anos da banda britânica Dire Straits voltou à pauta do dia após o americano Peter Salomone usá-la como a melhor trilha sonora para finais de filmes. Sim, qualquer filme, de qualquer época ou gênero.

Duvida? Veja como fica a melodia grudenta de “Walk of Life” encerrando filmes como “2001 – Uma Odisseia no Espaço”:

“Robocop”:

“Star Wars”:

“O Iluminado”:

“A Origem”:

E até no final de “Friends”:

Facilmente reconhecida pela sua solar introdução no órgão, “Walk of Life” é uma música do “Brothers in Arms”, o disco mais famoso do Dire Straits. É dele que saíram também os hits “Money For Nothing”, “So Far Away” e “Your Latest Trick”. A forma como a melodia combina com qualquer cena, da mais leve à pesada, é quase mística.

O UOL falou com Salomone por e-mail sobre a brincadeira. “Meu amigo brincou dizendo que ‘Walk of Life’ seria a música de funeral perfeita, então combinei essa ideia por meu amor por finais de filmes. Tentei isso com poucos filmes –“Star Wars”, “2001” e “Matrix”– gostei dos resultados e continuei. É o tipo de coisa que eu gostaria de ver na internet, então fiz eu mesmo”.

Curiosamente, ele não se diz um grande fã do Dire Straits. “Sou um fã casual. Realmente adoro “Walk of Life”. Também gosto do disco solo de Mark Knopfler, ‘Sailing to Philadelphia'”, destacou.

Salomone também disse que outras pessoas poderão colaborar. Basta postarem os vídeos com a hashtag #wolproject que ele incluirá as contribuições ao projeto. Veja a lista completa de filmes reimaginados no site oficial.

Para ter uma noção melhor de como fica o casamento da canção com os filmes, fique com a letra, que fala de um sujeito que toca músicas antigas na rua para ganhar a vida, mas ele o faz porque é assim mesmo, “a caminhada da vida”, filosoficamente falando.

Here comes Johnny singing Oldies, Goldies
‘Be-bop-a-lula’, baby, ‘What I’d say’
Here comes Johnny singing ‘I Got a Woman’
Down in the tunnels, trying to make it pay

He got the action, he got the motion
Oh yeah, the boy can play
Dedication, devotion
Turning all the night time into the day

He do the song about the sweet lovin’ woman
He do the song about the knife
And he do the walk, he do the walk of life
Yeah, he do the walk of life

Here comes Johnny goin’ tell you the story
Hand me down my walkin’ shoes
Here come Johnny with the power and the glory
Backbeat, the talkin’ blues

He got the action, he got the motion
Yeah, the boy can play
Dedication, devotion
Turning all the night time into the day

He do the song about the sweet lovin’ woman
He do the song about the knife
And he do the walk, he do the walk of life
Yeah, he do the walk of life

Here comes Johnny singing Oldies, Goldies
‘Be-bop-a-lula’, baby, ‘What I’d say’
Here comes Johnny singing ‘I Got a Woman’
Down in the tunnels, trying to make it pay

He got the action, he got the motion
Oh yeah, the boy can play
Dedication, devotion
Turning all the night time into the day

And after all the violence and double talk
There’s just a song in all the trouble and the strife
You do the walk, you do the walk of life
Hum, you do the walk of life


Novos boatos sobre o WhatsApp Plus voltam a circular em verdadeiro WhatsApp
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

whatsapp

Uma nova mensagem com boatos sobre o WhatsApp Plus tem circulado pelo verdadeiro WhatsApp. No texto, o alerta sobre a possibilidade de o app monitorar as conversas do usuário, bem como de danificar o smartphone.

Com um tom alarmista, a mensagem ainda pede que os usuários “não atendam de jeito ligações do celular (84) 9131-6949″. Segundo o boato, todos os números que atenderam a chamada foram clonados. Não há, no entanto, nenhum relato oficial que comprove essa história.

Vale lembrar que o WhatsApp Plus não é um aplicativo original do mensageiro e o verdadeiro WhatsApp não oferece nenhum tipo de suporte para o serviço. Em sua página oficial, o app comprado pelo Facebook diz que o “concorrente” não foi desenvolvido ou autorizado pelo WhatsApp.

O mensageiro ainda faz o alerta: “Por favor, tenha em mente que o WhatsApp Plus contém códigos fonte os quais o WhatsApp não garante serem seguros, e também não garantimos que suas informações pessoais não estejam sendo repassadas a terceiros sem que você saiba, ou sem sua autorização.”

O WhatsApp também tem “punido” os usuários que instalam o WhatsApp Plus, bloqueando-os por 24 horas. Para voltar a utilizar o serviço, será necessário baixar o app novamente ao fim do prazo do castigo.


Facebook é o app mais baixado na Apple Store; Candy Crush lidera em jogos
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

tecnologiaO Facebook é o aplicativo mais baixado em iPhones e tablets da Apple, segundo um relatório da empresa de pesquisa App Annie.

Outros três apps do grupo aparecem no top 10 do ranking: Facebook Messenger (#2), Instagram (#4) e WhatsApp Messenger (#6) –que ficou atrás do Skype (#5), da Microsoft.

Apps do Google também aparecem na lista –Youtube (#3) e o Google Maps (8#)–, assim como da Apple –Find My iPhone (#7) e iTunes (#10)– e do Twitter (#9).

Não significa que esses aplicativos sejam os mais rentáveis da Apple Store. O Skype é o único dos apps mais baixados que integra o ranking daqueles que geram mais dinheiro.

screen-shot-2015-09-02-at-10-18-56-am

A lista dos apps mais rentáveis é dominada por aplicativos de entretenimento (como música e esportes) e namoro. No primeiro lugar aparece Pandora, seguido pelo Line, Zoosk, Pages, Spotify, Badoo, Skype, MLB.com At Bat, Grindr, e Line Play.

No quesito de jogos mais baixados, quem sai na frente é o Candy Crush, que cai para a segunda colocação quando levado em consideração os mais rentáveis. Clash of Clans é o game que mais lucra.

screen-shot-2015-09-02-at-10-18-03-am


Presidente da Anatel diz ser usuário assíduo do WhatsApp
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

anatel

A popularidade do WhatsApp entre os brasileiros alcançou inclusive o presidente da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), João Rezende, que se diz usuário assíduo do aplicativo de bate-papo.

“Uso bastante”, relatou em entrevista ao UOL Tecnologia. Ele afirmou recorrer ao app diariamente, mas não detalhou a finalidade –para fins profissionais, pessoais ou ambos. “É uma ferramenta bastante útil e prática.”

Rezende diz preferir as mensagens de textos às chamadas de voz. “Pouco faço ligações pelo WhatsApp, talvez por não ter me acostumado com o recurso, que, na minha opinião, ainda é instável.”

O aplicativo tem sido alvo de algumas das principais operadoras de telefonia móvel do país, que o acusam de se apropriar “indevidamente” do número de telefone móvel do usuário, outorgado pela Anatel, e “pago” pelas operadoras.

Rezende afirma que o serviço não é ilegal e se diz contrário a qualquer regulamentação do app. Segundo ele, a solução para o impasse seria “baixar as tributações das teles” e não “engessar o mundo da internet”.


Com dons vocais e de interpretação, robô rouba a cena em ópera
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

myonOs atores que se cuidem. Um pequeno robô tem roubado a cena em um espetáculo em cartaz na Alemanha. O humanoide tem conquistado a plateia não apenas por sua interpretação, mas principalmente por seus dons vocais. Isso mesmo! Ele canta e até rege a orquestra da ópera “My Lady Square”, lançada este mês na Komische Oper de Berlim.

O grande astro se chama Myon. Ao contrário do que muitos imaginam, ninguém o controla dos bastidores enquanto ele se apresenta no palco. Todos os movimentos mecânicos são resultados de estímulos visuais e auditivos.

Para conseguir todos esses atributos, Myon foi “treinado” pelo Laboratório de Neuro-Robótica da Universidade Humboldt de Berlim e pelo projeto de Evolução da Linguagem Artificial de Robôs Autônomos da União Europeia. Os investigadores e o elenco do espetáculo trabalharam com o robô por dois anos.

A ópera “My Lady Square” gira em torno de Myon, um robô que busca aprender o que significa ser humano e sentir a emoção.

(Com Engadget)


Site de hospedagem aluga casa de 1 metro quadrado por um euro em Berlim
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

menor casa do mundoEstá sem dinheiro e precisa de um lugar baratinho para passar uma temporada em Berlim, na Alemanha? A plataforma online de hospedagem alternativa Airbnb traz a solução: o aluguel da menor casa do mundo por um euro [cerca de R$ 3,49] por noite.

Quem topar a oferta não pode ter claustrofobia, tampouco muita bagagem. Até porque a casa –com cara de quarto ambulante– tem apenas um metro quadrado.

Projetada pelo arquiteto alemão Van Bo Le-Mentzel, a casa de madeira “à prova d’água” conta com uma janela, uma porta com fechadura e uma mesa do tamanho ideal para comportar um laptop, segundo a descrição no Airbnb.

O espaço é aconchegante para “pessoas de até 1,75 m”, mas o anúncio já alerta que pode não ser muito recomendado para quem é um pouco mais alto.

A vantagem, no entanto, está na possibilidade de passar uma noite em cada lugar da cidade, já que a casa sobre rodas é fácil de ser transportada. Segundo o anúncio, é perfeita para “dar-lhe privacidade e abrigo.”

E, embora não tenha banheiro ou cozinha, aqueles que alugarem a casa estão convidados a utilizar esses ambientes do EastSeven Hostel, em Berlim. Topa?!


Taca-le pau: após vídeo viral, Morro da Vó Salvelina ganha placa turística
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

morro

Há um ano poucos conheciam o Morro da Vó Salvelina, em Taió, no Vale do Itajaí (SC). Mas, após a repercussão do vídeo viral popularmente conhecido como “taca-le pau”, o local chegou até a ganhar uma placa turística.

Tudo começou com a gravação de vídeo em que Leandro Beninca, 9, filmou seu primo Marcos Martinelli, 12, descendo um morro em um carrinho. A gravação é simples, mas o que chamou a atenção do grande público foi a espontaneidade da narração, sem contar no sotaque: “Taca-le pau nesse carrinho, Marcos. Taca-le pau (sic)”.

Postada no início de janeiro de 2014 no YouTube, a brincadeira dos primos veio à tona em junho do mesmo ano e já foi vista mais de 6 milhões de vezes. E, segundo a Prefeitura de Taió, a propriedade localizada no Distrito de Passo Manso, a 16 quilômetros do centro, já foi visitada por mais de 2.000 pessoas.

“A placa turística vai facilitar o deslocamento dos visitantes e turistas que chegam ao município para conhecer o morro mais famoso do Brasil. Foi um pedido da vó Salvelina e que agora pudemos atender à solicitação”, afirmou o prefeito Hugo Lembeck.

O local não foi o único a ficar famoso. O pequeno Leandro, com seus dons de narrador, chegou a ser convidado para gravar um vídeo para o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, em Interlagos, São Paulo (SP), em setembro de 2014.


App ajuda solteiros a achar companhia para jantar no Dia dos Namorados
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

appPara quem está solteiro/a e não quer passar o Dia dos Namorados sozinho/a, o aplicativo Crushing Table propõe uma alternativa. Não garante o encontro do amor verdadeiro em apenas um dia, mas dá um bom empurrãozinho para os solteiros ao menos encontrarem companhia para o jantar.

O app possibilita que o usuário abra uma mesa para até quatro pessoas ou se candidate a participar da mesa de outras pessoas. Estas mesas podem ser criadas para o almoço, jantar ou happy hour. Quem faz a reserva define se o objetivo é amizade ou paquera.

Diferentemente dos tradicionais aplicativos de namoro, o Crushing Table prioriza encontros no mundo real e não estica a conversa online. A conexão entre os convidados da refeição se mantém apenas até que o encontro aconteça.

Disponível nas plataformas Android (http://zip.net/blrpkR) e iOS (http://zip.net/brrp5X), o aplicativo é gratuito e conta com versões em português, inglês, espanhol e francês. Basta fazer a conexão a partir do perfil do Facebook ou por meio da indicação de um e-mail. Caso opte pela segunda opção, será preciso informar nome, e-mail, senha, gênero e opção sexual.

A navegação é bastante intuitiva e é possível identificar as mesas abertas em locais próximo ao usuário, com a descrição dos interesses daquele que fez o convite.  É possível ainda criar um convite com a indicação do lugar, da data e do horário, do número de convidados, do tipo da refeição e do interesse.


Que 3D que nada! Videoclipe permite interação com um simples dedo
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

discoA cantora japonesa Namie Amuro lançou um novo conceito de videoclipe com o hit “Golden Touch”. Tudo bem que a tecnologia tenha favorecido a inovação, mas, talvez, se não fosse a ousadia o efeito não seria o mesmo.

O vídeo permite que o espectador se sinta parte dele, mesmo que haja uma tela que os separem. Não estamos falando do já conhecido óculos de realidade virtual ou mesmo dos efeitos do 3D. É algo bem mais simples e até pode parecer uma pegadinha no primeiro momento.

Basta pressionar o play e colocar o dedo no ponto que aparece no meio da tela. Não dá para saber o que mais chama atenção: a criatividade ou a reação daqueles que aceitam o desfio proposto pela cantora japonesa.

Tudo bem que não é o seu dedo que vai derrubar as cartas, acender as velas, tampouco fazer carinho no cachorro. Mas o efeito realmente é bastante interessante. Veja você mesmo e tire suas próprias conclusões!


Apple Watch ou Netflix Watch? Que tal seus filmes favoritos no pulso?
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

NetflixSe a moda agora é adaptar todas as tecnologias a um smartwatch, a Netflix não poderia ficar de fora. E certamente não ficou.

Com muito humor e criatividade, a empresa lançou o Netflix Watch, capaz de trazer para o seu pulso os melhores filmes e séries.

A novidade tende a ser um excelente passatempo para motoristas presos em congestionamentos, para entreter aqueles que passam por momentos difíceis, além de ser uma ótima companhia na prática de esportes e no uso do banheiro (!).

Calma! Tudo não passa de uma sátira ao novo lançamento da Apple. Em um vídeo pra lá de divertido, a Netflix apresenta duas versões dessa invenção. Nada mais é que um smartphone ou um tablet –na versão plus– acoplado ao pulso de uma pessoa.

“Você tem uma imagem limpa, qualidade de streaming e seus programas e filmes favoritos e nem é tão inconveniente assim”, brincou a empresa no vídeo de apresentação do Netflix Watch.

Já pensou se essa moda pega? Dois braços não mais serão suficientes pra caber taaaanta invenção.