Blog do UOL Tecnologia

Categoria : Smartphones

Tem maluco para tudo: ele meteu iPhone 7 em Coca-Cola congelada e no nitrogênio líquido
Comentários 3

Márcio Padrão

O canal do Youtube TechRax é “especializado em destriur tecnologias desde 2001″, segundo a própria descrição do perfil. Assim, é claro que o celular do momento, o iPhone 7, seria sua próxima vítima.

Como a resistência à água e poeira foi alardeada pela Apple como um de seus pontos fortes, o criador do canal decidiu testar isso de um jeito bem radical e maluco: mergulhando o iPhone em um vasilhame com Coca-Cola e pondo para congelar por 12 horas.

Depois de congelada, a mistura teve que ser rachada com uma marreta.

O resultado? O iPhone teve sua bateria quase toda drenada e a tela apresentava atrasos nos comandos. Mas dadas as circunstâncias, o fato de estar ainda funcionando é que impressionou. Incluindo aí a câmera e os alto-falantes, mas esses últimos ficaram com o volume mais baixo.

Você pode ver o teste completo aqui.

Achou demais? Ele fez um teste ainda pior: pôs o iPhone 7 –um aparelho novo, e não o mesmo do teste anterior, claro– mergulhando em nitrogênio líquido, usado em processos extremos de congelamento, por cinco minutos.

Ele só teve uma apagada rápida, mas depois funcionou normalmente!

Outro iPhone 7 ainda foi jogado no microondas por duas vezes, sobrevivendo a três segundos de calor mas não resistindo a mais 15 segundos.


Rumor: iPhone 7 poderá ter borda curva como na linha Edge da Samsung
Comentários 5

Márcio Padrão

Ainda quer saber dos rumores do iPhone 7? Vamos lá então: a Apple vai (supostamente) lançar três novos modelos de iPhones chamados iPhone 7, iPhone 7 Plus e iPhone 7 Pro. Este último deverá ser o novo modelo premium da marca. Agora, de acordo com a publicação japonesa “Nikkei Asian”, o 7 Pro teve sua estreia adiada para 2017 ou 2018 por um motivo importante: tela com bordas curvas.

Sim, como nos celulares Galaxy S7 Edge e Note 7 da Samsung. Indicando uma fonte anônima, o jornal disse que o iPhone 7 Pro terá uma tela de 5,5 polegadas com iluminação OLED (que geram mais contraste) e custará ainda mais do que o iPhone 6s Plus. Os demais modelos deverão ter telas planas de 4,7 e 5,5 polegadas.

Além disso, a própria Samsung deverá ser a fornecedora das novas telas da Apple, tanto as curvas quanto as planas.

A tela curva surgiu primeiro no Galaxy Note Edge em 2014 e depois foi utilizada nos modelos S6 Edge + e o atual S7 Edge. A ideia é melhorar o design do produto e trazer funcionalidades para as laterais do aparelho, como acesso rápido a apps e contatos telefônicos.


Quem fez tela inteligente primeiro? Treta envolve Motorola, Samsung e Nokia
Comentários 3

Márcio Padrão

Há três anos que a Motorola lançou na linha Moto X uma versão mais sofisticada para as notificações de apps, recurso antigo dos aparelhos com Android e iOS. Ela basicamente é uma tela que sai do repouso quando há novas notificações com um visual que economiza bateria: ela só mostra o relógio e os ícones brancos sob fundo preto. Além disso, o usuário pode arrastar o ícone para saber mais sobre aquela notificação ou abrir o app correspondente. Neste ano a tela inteligente também migrou para os aparelhos da linha Moto G.

Acontece que a Samsung veio com um recurso muito similar neste ano para os Galaxy S7 e depois para os Note 7: a função Always On Display, que faz praticamente a mesma coisa que a linha Moto iniciou em 2013.

Eis que nesta quinta-feira (18), o perfil da Motorola norte-americana no Twitter resolveu comprar a briga com a mensagem: “Em qual galáxia é certo roubar recursos legais dos telefones dos concorrentes?”, uma alfinetada com o nome “Galaxy” da linha da Samsung. E se a “treta” ainda não estava clara, o tuíte conclui com a hashtag “OOriginalAlwaysOnDisplay”.

Só que outros internautas comentaram a briga com um novo personagem: a Nokia, que teria criado o tal recurso ainda antes da Motorola em seu sistema Symbian e depois adaptado para a linha Lumia, com Windows Phone.

Discussões do tipo “quem copiou quem” são comuns no mercado de tecnologia. Quem não lembra da mesma Samsung sendo acusada de roubar o design do iPhone nos aparelhos Galaxy S e S2, em 2010 e 2011? Ou no ano passado, quando a Apple trouxe o recurso 3D Touch (de tela sensível à pressão dos dedos) dias depois da Huawei ter trazido o recurso no Mate S?

E você, de qual lado está nessa nova disputa?


Rumor: além de tela 4K, Galaxy S8 deve vir preparado para realidade virtual
Comentários COMENTE

Larissa Leiros Baroni

samsung-logo-1424438370054_956x500Parece cedo para falar do Samsung Galaxy S8 –que possivelmente só será lançado no primeiro bimestre de 2017–, mas já começam a pipocar uma série de rumores a cerca do novo top de linha da sul-coreana.

Ao que tudo indica o aparelho será o primeiro da marca com tela 4K de 5.5 polegadas e, segundo o site Phone Arena, também tende a ser todo adaptado para trabalhar com tecnologias de realidade virtual.

A especulação ganha força diante do nome do protótipo do S8, que foi batizado de “Project Dream”. Qualquer semelhança com a plataforma de realidade virtual do Google “Daydream” –apresentada pela gigante das buscas em maio deste ano– não seria mera coincidência.

Talvez essa relação justifique a escolha da Samsung por um display de alta resolução. Mas só isso não será suficiente. Também será preciso investir em melhorias no hardware e software.

Mas, do mais, resta-nos apenas esperar para saber se os rumores se confirmarão.


Rumor: iPhone 7 deve começar a ser vendido dia 16 de setembro
Comentários COMENTE

Larissa Leiros Baroni

imagem-vazada-de-suposto-iphone-7-mocorpo-do-ce

O iPhone 7 nem foi lançado, mas já há rumores sobre a data do início de suas vendas nos Estados Unidos. A previsão é que o novo modelo da Apple chegue às lojas americanas a partir de 16 de setembro.

Veja o que já se sabe do iPhone 7 
iPhone 7 poderá sair nas versões normal, Plus e… Pro! 

A informação foi divulgada pelo jornalista Evan Blass –que já ganhou fama de se antecipar aos anúncios oficiais das fabricantes–, em seu perfil no Twitter.

Tradicionalmente, a Apple reserva o início de setembro para anunciar os seus principais lançamentos. O iPhone 6S, por exemplo, foi lançado no dia 9 de setembro de 2015 e só chegou às lojas americanas duas semanas mais tarde –25 de setembro.

Ou seja, caso Blass esteja certo mais uma vez, a Apple, provavelmente, vai romper com a tradição e adiar a sua programação –seja apresentando o seu novo iPhone na última semana de agosto ou diminuindo o tempo entre o lançamento e o início das vendas.

Resta-nos esperar para ver o que realmente vai acontecer! E, se as tradições se mantiverem, nós brasileiros teremos que esperar até novembro para poder comprar o iPhone 7 no país.


Rumor: iPhone 7 poderá sair nas versões normal, Plus e… Pro!
Comentários 1

Márcio Padrão

Nada como começar a semana com rumores do iPhone 7 –era pra dizer “começar o dia”, mas já que estamos postando à tarde, perdemos esse gancho.

Mas sim, o iPhone 7. Novamente um usuário da rede social chinesa Weibo jogou por lá duas imagens que dão a entender que a próxima linha de celulares da Apple ganhará um irmão. E dos grandes.

Além do iPhone 7 e iPhone 7 Plus, teríamos o inédito modelo Pro com o tal sistema de câmera dupla, do qual falamos aqui.

Também haveria um conector inteligente na parte de trás, como nos vistos no Moto Z da Lenovo/Motorola. Ele serve para plugar acessórios no aparelho; o iPad Pro já usa o conector para usar teclados físicos.

Já o Moto Z foi lançado lá fora com uma série de acessórios chamados MotoMods para expandir o uso do smartphone com o tal conector. Já existem os mods de bateria extra, sistema de som e projetor.

Enquanto a Apple não anuncia a data oficial do lançamento do iPhone 7 (possivelmente em setembro), provavelmente teremos muito mais rumores até lá. Vamos ver quem chega mais perto da verdade.

ATUALIZAÇÃO: O tuiteiro Evan Blass, que costuma acertar nos vazamentos sobre tecnologia, desmentiu nesta terça-feira (19) a existência do iPhone 7 Pro. Veja abaixo:


Rumor: como vão ser os dois novos Androids que marcam a volta da Nokia
Comentários COMENTE

Larissa Leiros Baroni

"London, United Kingdom - October 31, 2011: A collection of various mobile phones on a plain background including Nokia, Siemens and Sony Ericsson and iphone"

“London, United Kingdom – October 31, 2011: A collection of various mobile phones on a plain background including Nokia, Siemens and Sony Ericsson and iphone”

Após mais de dois anos “afastada”, a finlandesa Nokia, que já chegou a liderar as vendas de telefones celulares, voltará ao mercado possivelmente com o lançamento de dois aparelhos, segundo o site Nokia PowerUser, que cita fontes internas da empresa.

Seriam eles: Nokia C1 e Nokia P1. O primeiro deles classificado como top de linha e o outro enquadrado na categoria “intermediário luxo”.

Ainda não se sabe muito sobre os smartphones. Mas, de acordo com rumores, os aparelhos terão telas OLED de 5,2 e 5,5 polegadas, com resolução Full HD e Quad HD.

Ambos terão a certificação de resistência IP68 para garantir proteção contra água e poeira e manter a fama de “resistente” dos modelos da marca.

Outra semelhança entre os modelos é que os dois devem contar com sensor biométrico para a leitura de impressões digitais e integrar o Android 7.0 – Nougat –não mais o Windows Phone.

Espera-se ainda que os lançamentos tragam inovações nas câmeras. Com o uso do grafeno –uma das formas cristalinas do carbono–, segundo o Nokia PowerUser, a empresa prepara o “sensor mais sensível já feito”.

O site informa ainda que outros dois modelos mais básicos devem completar a nova linha de smartphones da Nokia, que possivelmente será apresentada no final de 2016 com lançamento previsto para 2017.


Mais rumores: iPhone com bateria maior e o suposto novo fone de ouvido
Comentários 1

Márcio Padrão

A bateria da linha iPhone historicamente é ruim. Em média, vai de 100% a 0% em cerca de 12 horas ou até menos que isso em modelos com algum tempo de uso. Uma olhada de perto nas especificações explica bem o motivo: o modelo 6S, atualmente o mais novo da Apple, tem míseros 1.715 mAh!

Para se ter uma ideia, o Samsung Galaxy S7, atualmente o maior rival do iPhone 6s, tem bateria de 3.000 mAh –quase um terço a mais da capacidade. Claro que a duração da bateria depende de outros fatores além da capacidade, como o bom funcionamento do sistema operacional. Mas ainda assim, a diferença impressiona.

Mas um novo rumor, da conta de Twitter OnLeaks, que geralmente acerta nos vazamentos, diz que o iPhone 7 vai ter bateria de 1.960 mAh, o que representa um tímido aumento de 14% na capacidade.

Se for algo confirmado, será o suficiente para elevar a autonomia e ajudar a vida dos “iPhoneiros”? Difícil dizer até experimetarmos o novo aparelho, previsto para ser anunciado em setembro.

Outro rumor recente é sobre o fone de ouvido. Dizemos aqui que o iPhone 7 poderá acabar com a entrada de fone de ouvido. Agora imagens que apareceram na rede social chinesa Weibo mostram que o fone poderá incorporar o conector Lightning proprietário da Apple. Veja abaixo.

E aí, gostou da ideia? Ou é invenção da empresa para vender fones e acessórios novos?


Rumores: veja o que se sabe até agora sobre o iPhone 7
Comentários 26

Márcio Padrão

imagem-vazada-de-suposto-iphone-7-mocorpo-do-ce

Nos últimos dias têm vazado muitas fotos e informações sobre o iPhone 7 e iPhone 7 Plus, próximos celulares top de linha da Apple, que só devem ser anunciados oficialmente em algum momento deste segundo semestre. Possivelmente devem aparecer em setembro, tradicionalmente o mês em que a empresa vem adotando para lançar anualmente seus principais celulares.

A maioria dos rumores recentes estão surgindo da China, em sites e redes sociais populares como Baidu e Weibo. As imagens surgem por lá e são reportadas por outros sites ocidentais, como o holandês “Techtastic” e o francês “Nowhere Else (NWE)”.

O que eles dizem:

  • Não haverá mais uma versão de 16 GB de armazenamento interno –será de 32 GB em diante
  • A câmera traseira do iPhone 7 terá uma lente maior, que ficará um pouco “protuberante” no corpo
  • As linhas brancas que servem para ocultar as antenas do aparelho sairão “das costas” e irão para os contornos nas partes superior e inferior do iPhone
  • O iPhone 7 Plus poderá contar com um sistema de duas câmeras. Não se sabe ao certo se funcionariam de forma conjunta ou independentes, nem suas possíveis aplicações
  • O processador deverá ser mais avançado; o atual é o A9 da própria Apple, então o próximo deverá ser o A10
  • O corpo será mais fino e acabará com a entrada de fone de ouvido –a conexão poderá ser Bluetooth ou com um conector próprio da Apple
  • É possível que o botão de silenciar toque, que ficava na lateral do aparelho, seja retirado

Veja abaixo as imagens que revelaram a maioria desses rumores –curiosamente um dos mais alardeados, que é a ausência da entrada de fone de ouvido, não pôde ser notada em nenhuma das fotos por conta do ângulo em que está o aparelho.

Também é importante deixar claro que são apenas rumores; a Apple não se pronunciou oficialmente sobre nenhum deles. Só saberemos se estão certos no vindouro lançamento do iPhone 7.


Rumor: próximo iPhone pode “sepultar” 16 GB de armazenamento
Comentários 3

Márcio Padrão

Segundo o jornal britânico “The Telegraph”, Kevin Wang, analista de tecnologia da consultoria IHS, diz ter contatos na cadeia de fornecimento da Apple que o informaram que o iPhone 7, a ser lançado possivelmente em setembro, viria com 32 GB como o seu armazenamento mínimo.

Atualmente toda a linha iPhone –modelos 6, 6 Plus, 6S, 6S Plus e SE–é vendida com opções de 16 GB e 64 GB. Os aparelhos 6S e 6S Plus ainda têm opções com enormes 128 GB. Ao contrário das fabricantes de celulares Android, tradicionalmente a Apple não coloca em seus smartphones uma entrada para cartões externos de memória, que seriam uma alternativa ao armazenamento interno. E usuários do sistema iOS costumam se queixar do tamanho que as atualizações ocupam na memória.

O primeiro modelo da linha a adotar os 16 GB de memória como a quantidade mínima foi o 4S, lançado em 2011. Já o último modelo a usar 8 GB –insuficiente para o tamanho dos aplicativos atuais– foi o iPhone 5C, o “barato” da linha que custava caro no Brasil.

Se o rumor se confirmar, o iPhone 7 irá na onda do seu principal rival, a linha Galaxy S da Samsung. Os modelos mais recentes da marca coreana, o S7 e S7 Edge, já têm os modelos iniciais com 32 GB como armazenamento mínimo. Com os iPhones seguindo a tendência, o restante da indústria de celulares irá se adequar a isso nos anos seguintes.

Outro modelo top de linha Android que já abraçou os 32 GB foi o LG G5, que chegará ao Brasil em junho na versão “menor”, a SE, com 3 GB de memória RAM e processador Snapdragon 652 –o G5 original tem 4 GB e Snapdragon 820.