Blog do UOL Tecnologia

Categoria : Aconteceu

Quem fez tela inteligente primeiro? Treta envolve Motorola, Samsung e Nokia
Comentários 3

Márcio Padrão

Há três anos que a Motorola lançou na linha Moto X uma versão mais sofisticada para as notificações de apps, recurso antigo dos aparelhos com Android e iOS. Ela basicamente é uma tela que sai do repouso quando há novas notificações com um visual que economiza bateria: ela só mostra o relógio e os ícones brancos sob fundo preto. Além disso, o usuário pode arrastar o ícone para saber mais sobre aquela notificação ou abrir o app correspondente. Neste ano a tela inteligente também migrou para os aparelhos da linha Moto G.

Acontece que a Samsung veio com um recurso muito similar neste ano para os Galaxy S7 e depois para os Note 7: a função Always On Display, que faz praticamente a mesma coisa que a linha Moto iniciou em 2013.

Eis que nesta quinta-feira (18), o perfil da Motorola norte-americana no Twitter resolveu comprar a briga com a mensagem: “Em qual galáxia é certo roubar recursos legais dos telefones dos concorrentes?”, uma alfinetada com o nome “Galaxy” da linha da Samsung. E se a “treta” ainda não estava clara, o tuíte conclui com a hashtag “OOriginalAlwaysOnDisplay”.

Só que outros internautas comentaram a briga com um novo personagem: a Nokia, que teria criado o tal recurso ainda antes da Motorola em seu sistema Symbian e depois adaptado para a linha Lumia, com Windows Phone.

Discussões do tipo “quem copiou quem” são comuns no mercado de tecnologia. Quem não lembra da mesma Samsung sendo acusada de roubar o design do iPhone nos aparelhos Galaxy S e S2, em 2010 e 2011? Ou no ano passado, quando a Apple trouxe o recurso 3D Touch (de tela sensível à pressão dos dedos) dias depois da Huawei ter trazido o recurso no Mate S?

E você, de qual lado está nessa nova disputa?


Apple cria pulseira arco-íris do Apple Watch para celebrar orgulho gay
Comentários COMENTE

Márcio Padrão

A Apple presenteou alguns de seus funcionários com uma pulseira especial para Apple Watch com as cores do arco-íris, como forma de agradecimento por terem participado do San Francisco Pride, parada dos grupos LGBT ocorrido no último final de semana (25 e 26) em San Francisco, EUA. O evento também marcou os 30 anos em que a Apple realizou sua primeira iniciativa do tipo.

Diz a carta enviada aos funcionários com a pulseira: “A primeira Associação de Rede de Diversidade da Apple, a Pride, completou 30 anos e estamos animados em celebrar este marco com você! Como reconhecimento a todos que registraram sua participação na Pride neste ano, criamos algo especial. Esta edição limitada é um símbolo de nosso compromisso com a igualdade e esperamos que você o use com orgulho!”

A empresa atua abertamente a favor da diversidade de gêneros. Dentro da empresa há as chamadas Associações de Rede de Diversidade, grupos de funcionários que representam diferentes etnias, religiões, orientações e interesses. E seu CEO, Tim Cook, foi eleito o gay mais influente dos EUA.

Ao que parece, a pulseira não será vendida ao público. Mas não ficaremos surpresos se a Apple mudar de ideia, caso a repercussão sobre essa notícia seja grande o suficiente para justificar esse lançamento.


GPS com penas: pombos informam sobre qualidade do ar em Londres
Comentários COMENTE

Márcio Padrão

Você lembra do desenho “Máquinas Voadoras”, da Hanna-Barbera, em que Dick Vigarista e Mutley realizavam caçadas loucas pelos céus contra um pombo-correio com uma mochilinha? Pois a agência de marketing DigitasLBI, de Londres, criou seu próprio exército de pombos empacotados imbuídos de enfrentar a poluição aérea.

Equipados com mochilas que contêm sensores de poluição e rastreadores GPS, as aves começaram a voar sobre a cidade na segunda-feira (14) para monitorar a qualidade do ar e relatar suas descobertas. Esse primeiro experimento vai durar três dias.

Quem criou a mochila foi a start-up Plume Labs. O equipamento monitora o dióxido de azoto, ozono e compostos voláteis. Um veterinário faz parte da equipe para zelar pela saúde e bem-estar das aves.

A brincadeira também está nas redes sociais: os londrinos que estiverem curiosos para saber como está o ar perto de sua casa ou escritório podem enviar perguntas para a conta de Twitter @PigeonAir.

No site da empreitada é possível ver em que pontos de Londres cada pombo está no momento, com marcações no mapa da cidade.

A Plume Labs também procura por 100 pessoas –de preferência ciclistas e corredores– para testar seu sensor de poluição em versão vestível, em uma mochila para adultos.


#CartaDoTemer ganha vídeo do fantoche Marcelinho e rende piadas na web
Comentários COMENTE

Márcio Padrão

O fantoche Marcelinho, popular personagem de humor do Youtube que lê e comenta cartas eróticas, está de volta com uma “sacanagem” diferente: ele resolveu analisar o conteúdo da carta de Michel Temer (PMDB) à presidente Dilma Rousseff (PT) que vazou na segunda-feira (7) demostrando os vários pontos de insatisfação do vice-presidente à chefe do Executivo.

Para quem conhece Marcelinho, este vídeo segue os mesmos moldes dos anteriores: ele lê o texto inteiro na íntegra e faz intervenções engraçadas em alguns trechos. “O cara já começa mandando um Harry Potter para mostrar quem manda”, diz ele sobre a citação em latim “Verba volant, scripta manent” (As palavras voam, os escritos se mantêm), em alusão aos feitiços entoados pelo famoso bruxo dos livros e filmes.

Marcelinho é uma criação do coletivo de humor Alta Cúpula, formado por Erik Gustavo e Ulisses Matos. Seu canal no Youtube conta com 244 mil inscritos 31 milhões de visualizações. O vídeo de Marcelinho lendo a carta de Temer (veja a íntegra aqui) foi postado na manhã desta terça (8), horas depois do vazamento da carta, e já conta com mais de 59 mil visualizações (até às 12h40 desta terça).

#CartadoTemer

Como era de se esperar, a carta de Temer também está rendendo uma série de comentários e memes nas redes sociais, com aquela típica zoeira disfarçada de crítica política, e vice-versa. Veja uma seleção abaixo:

Item 12. Recordo, ainda, que a senhora não me deu um pedaço de coxinha no recreio da escola na quarta série. Respeitosamente, Temer. #cartaDoTemer.

Posted by Junior Santos on Tuesday, December 8, 2015

A senhora nunca me marcou em nenhuma foto no face, mesmo sabendo que todos seus eleitores iriam me add.#CartaDoTemer #Chateado #VicePresidente

Posted by Léo Jaime on Tuesday, December 8, 2015

Essa #CartaDoTemer foi plagiada da música: O Desgosto Que Tua Mãe Me Deu, do cearense, Falcão.♫ ♭ ♪ Eu acho melhor…

Posted by Robério Correia on Monday, December 7, 2015

Hello from the OTHER SSIIIIIIDDDEEEEI must’ve called a THOUSAND TTTIIIIIIMMMMEEESSS#MichelMemer #CartadoTemer #Fax

Posted by Ale Wakoo on Tuesday, December 8, 2015

Eis o motivo real da carta de recalque do Temer, ele nunca superou perder pro Cauã ! #cartadoTemer

Posted by Jéssika Moraes on Tuesday, December 8, 2015

No meio da tempestade, alguém resgatou esse tuíte da presidente Dilma que hoje parece ser vítima da ironia do destino:


Ignorar os haters? Drauzio tem outro jeito para lidar com os comentários
Comentários 2

Márcio Padrão

O médico mais famoso do Brasil, Drauzio Varella, publicou na segunda-feira (23) um vídeo para comemorar os 50 mil inscritos em seu canal no Youtube. O tema foi o conteúdo dos comentários dos vídeos anteriores, com o próprio dr. Drauzio lendo e respondendo a eles. O resultado? O canal já superou esse número e até o momento conta com mais de 73 mil inscritos.

O que chama a atenção é o jeito despachado e bem humorado de Drauzio mesmo nos comentários mais grosseiros e politicamente incorretos, no melhor estilo “tiozão”. Recebeu cantadas de homens e mulheres, aceitou o título de “Yoda brasileiro”, sofre para ler aqueles que assassinam a gramática, dá um “fora” elegante em quem ofende os gays e no final traz uma bonita lição de moral tanto para quem escreve quanto para quem se irrita lendo os comentários. “A internet é assim”, resumiu.

O vídeo completo pode ser acessado aqui.

O episódio lembra outro semelhante, quando em 2011 Chico Buarque relembrou a primeira vez em que se deparou com os “trolls” da rede. “A primeira vez que vi esses comentários na internet, não sabia como era o jogo ainda e fiquei espantadíssimo. Hoje em dia, [com] essa coisa de internet, as pessoas falam o que vem à cabeça”, disse.

São sinais de que a velha guarda sempre pode surpreender as novas gerações, mesmo na tecnologia.


O barulho do trânsito não tem fim? O “carro antirruído” poderá resolver
Comentários 1

Márcio Padrão

O Mondeo Vignale, versão premium da linha Mondeo da Ford lançado na Europa, estreou uma tecnologia própria para ajudar a silenciar o interior do automóvel. Trata-se de um controle ativo de ruído que emite ondas sonoras para anular os sons indesejados na cabine, como os do motor, transmissão e vento. Em breve essa tecnologia será oferecida também em outros veículos da marca no mundo, promete a montadora.

Segundo o comunicado, o controle ativo usa o mesmo princípio dos fones de ouvido com cancelamento de ruído usados em aviões. O recurso usa três microfones, colocados estrategicamente na cabine para detectar sons do motor e da transmissão, e os neutraliza com ondas sonoras geradas pelo sistema de áudio, sem prejudicar a audição de música ou conversa. O sistema também é capaz de memorizar o comportamento do motorista e do veículo para agir preventivamente, como por exemplo quando se acelera em uma marcha mais baixa.

“Seja ouvindo música, o rádio ou simplesmente desfrutando do silêncio, a experiência de som é parte fundamental de uma viagem de carro”, diz dr. John Cartwright, diretor médico da Ford na Grã-Bretanha.

Tomara que essa tecnologia vingue para todos os veículos em atividade no mundo. Uma pesquisa dinamarquesa de 2012 concluiu que o ruído causado pelo trânsito pode aumentar o risco de ataques cardíacos. Cada aumento de 10 decibéis de exposição ao ruído de tráfego foi associado com um risco 10% maior de ataque.

Tags : carros


Empresa de Ashton Kutcher investe no app de transporte público Moovit
Comentários COMENTE

Márcio Padrão

ashton

Especializada em buscas de linhas e horários de ônibus, a Moovit realiza serviços em mais de 700 cidades, incluindo 44 no Brasil (veja a lista completa aqui), e é usado por mais de 30 milhões de usuários. O aplicativo de transporte público recebeu no início de novembro um investimento da Sound Ventures, empresa do ator Ashton Kutcher e de Guy Oseary, investidor e empresário de artistas como Madonna e U2.

Lançada em 2012, a Moovit já captou mais de US$ 81 milhões em rodadas de investimentos. A empresa pretende usar o investimento da Sound Ventures para avançar em mercados como Índia e China. A companhia de Kutcher e Oseary surgiu em março deste ano, e o fundo já investiu em empresas como Airbnb, Uber, Spotify, Houzz e Zenefits.

“Estamos à procura de empresas com potencial de crescimento, não somente em sua estrutura ou financeiramente, mas que atuem com questões problemáticas ao redor do mundo”, disse Kutcher. “A missão da Moovit de fazer do transporte público a primeira opção das pessoas ao redor do mundo, diminuindo o uso de carros particulares e tonando as cidades mais inteligentes, vai de encontro com a nossa visão de investir em empresas que querem mudanças”, acrescenta.

Além do currículo como ator em filmes como “O Efeito Borboleta” e “Recém Casados” e as séries “That’s 70 Show” e “Two and a Half Men”, Kutcher tem há alguns anos seus laços com tecnologia. Seu perfil no Twitter se tornou o primeiro a chegar a marca de um milhão de seguidores, em 2009. Protagonizou “Jobs”, cinebiografia do fundador da Apple, Steve Jobs, lançada em 2013. No ano passado criou a empresa A Plus, com foco em “jornalismo positivo”; e foi consultor da Lenovo para atualizar a linha de tablets Yoga.


O dia em que alguém preferiu não tirar fotos de famosos com o celular
Comentários 3

Márcio Padrão

boston

Não é novidade para ninguém que tirar foto no celular de um grande momento se tornou para muitos uma experiência tão ou até mais importante do que vivenciar esse mesmo momento. Com o fenômeno das selfies, isso ficou ainda pior e até mesmo perigoso em alguns casos.

Uma foto publicada no portal “Boston Globe” resume bem o sinal dos tempos: durante a pré-estreia do filme “Aliança do Crime”, na cidade de Boston (EUA) em setembro, dezenas de fãs ensandecidos tiravam fotos do elenco do filme, que inclui Johnny Depp e Dakota Johnson. Menos uma pessoa: uma senhorinha de óculos roxos.

O clique do fotógrafo John Blanding mostra a idosa, de identidade (até agora) desconhecida, apenas curtindo o momento com seu sorriso discreto, enquanto os demais fitam os olhos em seus respectivos smartphones em ação, capturando imagens (borradas?) de Depp e Johnson.

O usuário de Twitter Wayne Dahlberg percebeu a cena e elogiou a mulher (“Essa é minha foto favorita de todos os tempos”, disse ele). Sua postagem recebeu mais de 12 mil curtidas e 11 mil compartilhamentos na rede social.

E aí, você também aprova a atitude da senhora acima? Ou tirar fotos é mais legal? Ou dá para fazer as duas coisas sem prejuízo?

Fonte: Daily Mail.


Quantos iPhones são necessários para segurar uma bala?
Comentários 1

Guilherme Tagiaroli

iphonesbalas

Norte-americano testou a resistência de smartphones com tiro de fuzil

Há várias histórias de gente que foi salva de um tiro por uma caneta ou algum outro objeto estranho presente no bolso. Baseado nisso, o norte-americano Daniel, dono do canal do YouTube EverythingApplePro, tentou responder a seguinte pergunta: quantos iPhones são necessários para segurar uma bala?

Para a missão, ele alinhou oito telefones, sendo três iPhones 6 Plus, dois iPhones 6 (sendo um falso), dois iPhones menores (provavelmente 5s) e, no fim, um Galaxy S6, da Samsung. A arma usada pelo youtuber foi um fuzil AK-74, o que é um pouco sem noção, pois esse tipo de armamento era usado pelo exército da União Soviética na década de 70.

Na primeira tentativa, foram necessários cinco telefones para interromper o curso da bala do fuzil.

Na segunda, feita no centro da tela, a bala só parou no sexto telefone. Porém, deve-se levar em consideração que os dispositivos já estavam danificados, o que facilita a passagem do projétil.

No fim das contas, ficou comprovado que em situações de perigo é melhor optar por ter um colete a prova de balas (ou correr o mais rápido que puder), pois esse negócio de andar com cinco iPhones não é nada prático.

___
Lá da Cnet
Imagem: Reprodução/YouTube/EverythingApplePro.


Erro no Google Maps mostra robô do Android fazendo xixi em maçã da Apple
Comentários 1

Guilherme Tagiaroli

androidpaquistao

Para melar o início das vendas do Apple Watch em alguns países (ou não), o Google ganhou o noticiário de tecnologia nesta sexta-feira (24) por uma trollada à empresa da maçã.

O site “Team Android” descobriu que numa região do Paquistão, no serviço Google Maps, há uma imagem do robô, símbolo do sistema Android, fazendo xixi sobre uma maçã. A imagem podia ser vista (se o Google não tirar do ar) neste link (Google tirou do ar).

Em comunicado ao site norte-americano “Mashable”, o Google disse que a imagem é, provavelmente, resultado de um abuso do Map Maker, a ferramenta que possibilita que todos possam contribuir para a plataforma de mapas.

“Ainda que as edições passem por moderação, às vezes algumas alterações podem passar pelo nosso sistema”, informou a companhia. Após a repercussão, o Google pediu desculpas e removeu a imagem do ar.

Recentemente, uma dessas edições feitas por usuários, segundo o Google, colocou um local chamado “Edward Snowden” (ex-funcionário da agência de segurança dos Estados Unidos) dentro da Casa Branca.

Apesar da explicação, o Google é conhecido por sempre incluir easter-eggs (“pegadinhas” ou segredos ocultos) em seus serviços. No fim de março, por exemplo, a companhia transformou o Maps em uma fase do jogo “Pac-Man”.

__

Lá do Mashable

Imagem: Reprodução/Google Maps