Blog do UOL Tecnologia

Categoria : Design

Designer solta imaginação e “inventa” iPad 3 com imagens em 3D e holográficas
Comentários COMENTE

Ana Ikeda

Ele ainda nem chegou ao mercado, mas (tradicionalmente) já gera o maior burburinho online. Sim, estamos falando do iPad 3, que será lançado provavelmente na próxima quarta (7), data em que a Apple confirmou a realização de um “evento especial” sobre seu tablet. Enquanto isso não acontece, alguns designers se aventuram na criação de “conceitos” do famigerado iPad 3.

Nesse logo abaixo, da Aatma Studios, é para lá de futurista: o tablet ganha uma borda infinita e pode ser conectado “magneticamente” a outro ultraportátil… e as telas dos dois tablets se unem… para formar imagens em 3D e holográficas… para jogos!

Haja imaginação… confira o vídeo:

 

Além da tela de funcionamento fantástico-maravilhoso-sensacional, o “iPad 3” de mentirinha vem equipado com a tecnologia NFC (Near Field Communication, que permite a comunicação entre dois dispositivos bastando estarem próximos um do outro, veja aqui como funciona). Convenhamos, com o grande número de smartphones sendo lançados com essa tecnologia, não seria má ideia se a Apple embarcasse na onda também.

Pena que é só um conceito… vamos ter de esperar até quarta mesmo.

E você, o que está esperando ver no iPad 3? Conte abaixo 🙂

(Tela de altíssima definição o/)

Lá do Huffington Post.


Case para iPhone traz homenagem póstuma a Steve Jobs
Comentários 2

Rodrigo Vitulli

Os fãs mais saudosos que o “S” do iPhone 4S é uma homenagem a Steve Jobs. Se essa foi realmente a intenção da Apple será muito difícil de comprovar. Ainda mais porque a Apple já havia utilizado a letra para designar versões prévias do iPhone (3GS). Mas, para estes mesmos fãs, não importa a intenção. O fato é que a nova versão do smartphone é, sim, o aparelho derradeiro de Jobs. E pode ficar ainda mais especial com este case não oficial em homenagem ao ex-CEO.

Ele é vendido no site K.O Store por US$ 23,90 e traz a imagem que ficou muito famosa após a morte de Jobs. Ela representa o logo da Apple com a silhueta de seu criador no lugar onde ficaria a mordida e teria sido criada por um estudante de design chinês (conheça a história controversa).  Abaixo estão as datas de nascimento e morte de Jobs.

Antes de comprar, o usuário deve atentar às instruções dadas no próprio site sobre como substituir a antiga capa traseira pela nova, com ferramentas especiais etc. Ainda assim, o resultado é bem legal.

O acessório é compatível com os modelos 4 e 4S do iPhone.

Lá do The Next Web
Imagem: reprodução


Mesa com câmera embutida tuíta foto do seu almoço automaticamente
Comentários 1

Rodrigo Vitulli

Fato: algumas pessoas tem fixação por tirar fotos da própria comida e postar em redes sociais. No Instagram, popular rede social de fotografia para iPhone, existem perfis que são especialistas no assunto. Se você é desses que não pode ver um prato bem feito que o confunde com uma top-model, vai adorar a mesa Delen Memory Table.

Criada pelo designer David Franklin, a mesa vem com uma haste, que, por sua vez, carrega uma câmera fotográfica na extremidade. A câmera pode ser programada para registrar momentos da refeição e enviar automaticamente para redes sociais, como o Twitter.

A Delen Memory Table é bonita por si e poderia servir de mobília mesmo sem a câmera. Claro que ela tem funções um pouco mais… digamos… úteis. O designer prevê que sua invenção seria muito útil, por exemplo, aos que gostam de criar animações no estilo stop motion, que registra quadro a quadro movimentos de objetos.

A mesa não existe enquanto produto industrial e foi criado apenas de forma experimental. Mas se você gostou muito da ideia, pode mandar um e-mail para o criador: davidfranklin10@aol.com. Quem sabe ele não faz uma por encomenda?

Lá da Wired
Imagens: reprodução/ Design Milk


Rede social permite falar mal e dar nota (ruim) a ex-namorad@s
Comentários 1

Rodrigo Vitulli

Então aquele garoto foi um verdadeiro canalha com você ou aquela garota fez de sua pessoa gato e sapato… Uni-vos, corações partidos. Deem o troco em quem não lhes deu o devido valor. Já existe uma rede social feita única e exclusivamente para falar mal (ou bem) dos ex-namorados/affairs/casos/rolos.

Qualquer pessoa que fazer o cadastro na Ex Rated poderá deixar comentários ácidos ou positivos a respeitos dos antigos namorados. Para tanto, é preciso identificar a pessoa sobre a qual você deseja escrever uma avaliação.

A intenção da rede não é todo mal. Na verdade ela também tenta fazer com que casais que não deram certo arrumem novos pretendentes. Porém, no final das contas, tudo o que se vê por lá, de acordo com o site Gizmodo US, são críticas impiedosas de pessoas ressentidas, muita fofoca e ódio no coração.

Segundo os próprios criadores do Ex Rated, a rede é um ótimo lugar para encontrar ex-namorad@s de esportistas ou músicos, compensar uma dispensa com uma indicação positiva de alguém que você tenha magoado ou mesmo conhecer a si mesmo e os próprios defeitos.

Gente, usem com moderação.

Lá do Gizmodo
Imagem:
Getty Images

 


Pulseira compatível com iPhone mede qualidade do sono do usuário
Comentários COMENTE

Rodrigo Vitulli

Uma notícia do UOL de 20 de julho de 2011 traz a seguinte manchete “Compadre Washington enfrenta dificuldades para dormir”. O que o sono de beleza do cantor tem a ver com o Gigablog? Bem, nada. Mas se ele estivesse usando o acessório “Zeo Sleep Manager Mobile”, para iPhone, certamente poderia lidar com o problema de insônia mais facilmente.

Anunciado nesta quarta-feira (28) pela empresa Zeo, o acessório é uma espécie de pulseira eletrônica que se conecta ao celular do usuário por meio de um aplicativo próprio e transmite informações a respeito de sua noite de sono. A pulseira mede, por exemplo, quanto tempo o usuário passou em estado profundo de sono, ou se teve interrupções corriqueiras.

As informações são posteriormente sincronizadas com o site da empresa, que irá gerar relatórios sobre a qualidade do sono de seus clientes. Com base nos dados, o usuário poderá tomar atitudes que diminuam a probabilidade de se ter uma noite mal dormida, como evitar cafeína, estresse ou álcool. Além disso, também é possível estabelecer metas e gerenciar mais facilmente as horas de sono.

O Zeo está disponível para pré-venda no site oficial da marca por US$ 99. Por enquanto, somente o sistemas iOS (iPhone, iPad e iPod Touch) são compatíveis com o acessório, mas a empresa promete uma versão para Android em breve.

Está vendo só, Compadre Washington. Só porque você foi eliminado da “A Fazenda”, isso não quer dizer que você não pode ter uma boa noite de sono.

Lá do Cnet
Imagem: divulgação

 


Designers simulam como as grandes marcas poderiam usar o novo perfil do Facebook
Comentários COMENTE

Rodrigo Vitulli

“Todos discorda” do novo layout de perfil do Facebook.  A novidade apresentada pelo próprio Zuckerberg na última quinta-feira (22) ainda não foi completamente digerida pelo público e deve gerar uma comoção ainda maior quando for aberta definitivamente. Nossa pesquisa interna, com mais de 3 mil votos, mostra que quase 50% desaprovam as mudanças.

E se olharmos o lado positivo disso tudo? Sim, faça o exercício de colocar de lado a possível falta de privacidade e intromissão dos novos serviços do Facebook e pensa nas possibilidades. Pense, por exemplo, como as pessoas poderiam ilustrar ainda mais o próprio perfil com imagens grandes e vistosas (afinal elas já estão na web de qualquer jeito, o que mudou foi o destaque).

Pense como as empresas poderiam utilizar a customização do perfil em benefício próprio. Será que o resultado seria mais ou menos como as imagens abaixo? O site norte-americano Mashable pediu a agências de publicidade e designers para que soltassem a imaginação sobre como as grandes marcas poderiam usufruir do novo layout. E o resultado é inspirador.

Para os que insistem em bancar os heróis da resistência, sempre tem o Orkut, o MySpace e, olha só, o Google +. Os primeiros pararam no tempo (talvez você goste). O último grita escandalosamente por atenção, mas ouve ecos da própria voz.

Confira como as marcas podem customizar a página

Veja Álbum de fotos

Lá do Mashable
Foto: Paul Sakuma/AP

 


Caneta de tinta promete digitalizar desenhos durante a escrita
Comentários 1

Rodrigo Vitulli

Programado para ser lançada em setembro de 2011, a caneta Inkling, da Wacom, é capaz de transpor qualquer desenho do papel para a tela do computador. Pelo menos é isso que promete o fabricante.

Com sensibilidade para reconhecer até 1024 níveis de pressão diferentes, a caneta registra os movimentos detalhados das mãos e os armazena em um sensor, que deve ser prendido no topo de qualquer superfície de papel. Enquanto o desenho é grafado a tinta no papel, a imagem é automaticamente digitalizada.

Para os artistas que gostam de trabalhar com camadas (bastante usadas no Photoshop ou Illustrator, por exemplo), basta um clique no sensor para ativar o recurso. A funcionalidade auxilia na hora de trabalhar com o arquivo digitalizado no computador.

Depois de armazenadas, as imagens podem ser importadas diretamente para o Photoshop (imagem ‘rasterizada’)  ou Illustrator (imagem em vetor).

A novidade, que promete ser um ótimo presente para qualquer idade, estará disponível para o mercado norte-americano em setembro, pelo preço razoável de US$ 200.

Confira um vídeo explicativo (em inglês):

Lá do Gizmodo US
Imagem:
reprodução


Conceito de iPhone 5 mostra tela holográfica e design superfino
Comentários 8

Rodrigo Vitulli

Enquanto a Apple faz mistério sobre como será o iPhone 5, designers do Aatma Studio soltaram a imaginação naquele que talvez seja o conceito mais bem bolado sobre um iPhone já visto – e o mais bem feito também.

Acomapanho no vídeo a seguir: o telefone tem teclado a laser que pode ser projetado na mesa, tela holográfica e uma espessura capaz de fazer inveja ao iPod Touch mais fino já criado.

 

Está todo mundo muito ansioso para ver o que a Apple reservou na nova versão do smartphone, mas o conceito do vídeo está mais para o iPhone 10, não é mesmo?

Lá do Gizmodo US


Case (bizarro) em formato de mão promete dar carinho e segurança para donos de iPhones
Comentários 5

Rodrigo Vitulli

Japoneses são criativos e disciplinados, mas às vezes é difícil compreender alguns produtos que aparecem por lá. A bem da verdade, alguns desses produtos não precisam de etiquetas de identificação para sabermos que a origem é nipônica.

A Dokkiri Hand Case for iPhone 4 é um desses casos. Escrever que a Dokkiri é um case para iPhone com uma mão de borracha acoplada é tão bizarro quanto as fotos ou o título deste post.  Por pouco mais de US$ 64 é possível comprar uma mãozinha extra para atender o telefone.

“Mas para que serve?” Bem, na descrição do produto, a loja virtual Strapya tenta convencer que o acessório traz mais segurança para segurar o iPhone e ainda oferece uma “mão amiga caso você esteja se sentindo sozinho”. Ao final da descrição, porém, o vendedor entrega os pontos: “Ok, eu desisto. O case é assustador, mas para algumas pessoas pode ser muito legal”.

Calma porque tem um detalhe: existem diversos tamanhos de mãos, desde adultos até mãos de criança  – para não sentir tanta saudade quando os pequenos sanseis estiverem na escola.

Sem mais, meritíssimo.

Lá do Engadget
Imagem: divulgação


Capa com cara de bíblia antiga esconde iPhone e ainda serve de carteira
Comentários COMENTE

Guilherme Tagiaroli

Após comprar um smartphone caro, a reação mais comum do usuário é sentir certo desconforto em expor o seu aparelho em público. No entanto, não necessariamente pensando nisso, a empresa americana Twelve South’s desenvolveu uma capa para iPhone 4 que parece uma bíblia antiga

Chamada de BookBook, a capa é toda feita de couro e com ela o usuário consegue camuflar seu smartphone e ainda guardar alguns documentos no case, que também serve como uma carteira.

Lógico que você não vai conseguir colocar o que você costuma colocar em uma carteira convencional, porém ela consegue quebrar um galho para situações simples. Nela é possível, por exemplo, guardar a carteira de motorista, dois cartões e dinheiro em um compartimento escondido.

Por ser um pouco maior que o iPhone, a capa cabe no bolso e permite facilmente que o usuário atenda ao telefone sem tirá-lo do case.

No site da fabricante, a capa BookBook custa US$ 60 e de quebra ajuda quem morre de medo de ter o iPhone roubado – a propósito, você já viu alguém tentando roubar uma bíblia?


__
Lá do TwelveSouth via Engadget
Imagem: Divulgação