Blog do UOL Tecnologia

Apple cria pulseira arco-íris do Apple Watch para celebrar orgulho gay
Comentários Comente

Márcio Padrão

A Apple presenteou alguns de seus funcionários com uma pulseira especial para Apple Watch com as cores do arco-íris, como forma de agradecimento por terem participado do San Francisco Pride, parada dos grupos LGBT ocorrido no último final de semana (25 e 26) em San Francisco, EUA. O evento também marcou os 30 anos em que a Apple realizou sua primeira iniciativa do tipo.

Diz a carta enviada aos funcionários com a pulseira: “A primeira Associação de Rede de Diversidade da Apple, a Pride, completou 30 anos e estamos animados em celebrar este marco com você! Como reconhecimento a todos que registraram sua participação na Pride neste ano, criamos algo especial. Esta edição limitada é um símbolo de nosso compromisso com a igualdade e esperamos que você o use com orgulho!''

A empresa atua abertamente a favor da diversidade de gêneros. Dentro da empresa há as chamadas Associações de Rede de Diversidade, grupos de funcionários que representam diferentes etnias, religiões, orientações e interesses. E seu CEO, Tim Cook, foi eleito o gay mais influente dos EUA.

Ao que parece, a pulseira não será vendida ao público. Mas não ficaremos surpresos se a Apple mudar de ideia, caso a repercussão sobre essa notícia seja grande o suficiente para justificar esse lançamento.


À la “The Voice”, PM de Tocantins divulga programa de combate às drogas
Comentários 3

Márcio Padrão

Os policiais estão se tornando mais populares nas redes sociais por diversos motivos. Mas esse post não será sobre fotos de pessoas presas e sangrando.

A Polícia Militar de Tocantins utilizou o tema musical do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência), existente em todos os Estados brasileiros, para criar um vídeo lúdico de conscientização dos jovens sobre os perigos dos entorpecentes. Com três policiais dançando em um palco virtual no estilo “The Voice'', o vídeo postado no perfil do Facebook da PM-TO foi publicado na terça-feira (7) e já atingiu mais de 7,7 mil curtidas e 13 mil compartilhamentos.

Nos comentários, há muitos elogios ao vídeo e ao programa. “Muito legal! Nunca vou esquecer essa musiquinha, fez parte da minha infância''; “Amei, muito lindo, para ensinar a garotada, que legal!''; “Fui aluno e também tive o orgulho de ser instrutor do Proerd!''.

Outros aproveitaram para tecer críticas à política antidrogas vigente no Brasil. “Aí você cresce e descobre que a última coisa que a polícia é, é ser amiga, e que droga é só considerada aquelas que o estado não legalizou''; “O uso de drogas precisava ser regulamentado no Brasil. Isso destruiria completamente o tráfico de drogas e permitiria que usuários dependentes fossem tratados como um problema de Saúde Pública ao invés de um problema de Segurança Pública''.

Para quem não sabe, o Programa Educacional de Resistência às Drogas é a adaptação brasileira do programa norte-americano Drug Abuse Resistence Education, surgido em 1983. No Brasil, o programa foi implantado em 1992, pela PM do Rio de Janeiro. Consiste em levar policiais militares às escolas públicas para desenvolver um curso de prevenção as drogas e a violência nas salas de aula.


Já era hora, não? WhatsApp está a um passo de ganhar suporte a GIFs
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

whatsapp

Os GIFs estão a um passo de invadir o WhatsApp, segundo a conta no twitter @WABetaInfo, que já ganhou fama por antecipar as atualizações da plataforma.

Segundo a publicação, o aplicativo, que já está bastante atrasado em relação aos concorrentes Telegram e Facebook, passaria a liberar em suas próximas atualizações o compartilhamento de imagens animadas com a reprodução automática.


O recurso, em um primeiro momento, seria disponibilizado apenas para usuários iOS, na versão beta 2.16.7.1. Posteriormente, o suporte a GIFs também seria liberado para Android e Windows Phone.

O WhatsApp não confirmou a informação. Ainda assim, a opção se mostra mais do que necessária em um aplicativo bastante limitado, que restringe seus compartilhamentos a fotos, vídeos, áudios e documentos (PDF e Pacote Office).


Rumor: próximo iPhone pode “sepultar” 16 GB de armazenamento
Comentários 3

Márcio Padrão

Segundo o jornal britânico “The Telegraph'', Kevin Wang, analista de tecnologia da consultoria IHS, diz ter contatos na cadeia de fornecimento da Apple que o informaram que o iPhone 7, a ser lançado possivelmente em setembro, viria com 32 GB como o seu armazenamento mínimo.

Atualmente toda a linha iPhone –modelos 6, 6 Plus, 6S, 6S Plus e SE–é vendida com opções de 16 GB e 64 GB. Os aparelhos 6S e 6S Plus ainda têm opções com enormes 128 GB. Ao contrário das fabricantes de celulares Android, tradicionalmente a Apple não coloca em seus smartphones uma entrada para cartões externos de memória, que seriam uma alternativa ao armazenamento interno. E usuários do sistema iOS costumam se queixar do tamanho que as atualizações ocupam na memória.

O primeiro modelo da linha a adotar os 16 GB de memória como a quantidade mínima foi o 4S, lançado em 2011. Já o último modelo a usar 8 GB –insuficiente para o tamanho dos aplicativos atuais– foi o iPhone 5C, o “barato'' da linha que custava caro no Brasil.

Se o rumor se confirmar, o iPhone 7 irá na onda do seu principal rival, a linha Galaxy S da Samsung. Os modelos mais recentes da marca coreana, o S7 e S7 Edge, já têm os modelos iniciais com 32 GB como armazenamento mínimo. Com os iPhones seguindo a tendência, o restante da indústria de celulares irá se adequar a isso nos anos seguintes.

Outro modelo top de linha Android que já abraçou os 32 GB foi o LG G5, que chegará ao Brasil em junho na versão “menor'', a SE, com 3 GB de memória RAM e processador Snapdragon 652 –o G5 original tem 4 GB e Snapdragon 820.


Snapchat também deve passar a mostrar publicações por ordem de importância
Comentários Comente

Larissa Leiros Baroni

snapchat

Tudo começou com o Facebook, que inspirou o Twitter, o Instagram e está um passo de chegar ao Snapchat. Isso mesmo! O polêmico sistema de algoritmo pode ganhar vida também na rede social do “fantasminha'', segundo fontes citadas pela empresa de conteúdo digital “Digiday.

As informações são que o Snapchat estaria trabalhando em uma nova atualização, que afetaria as contas profissionais e a reorganização do fluxo cronológico de conteúdo que os usuários veem a partir das contas que seguem.

Ainda não está claro quando as mudanças podem ser implementadas. O que se sabe, no entanto, é que o feed de publicações da rede social seria organizado da mesma forma como acontece no Facebook, que classifica o conteúdo que você interage com base em uma série de fatores.

A organização seria feita por ordem de importância, não mais por ordem de postagem. A grande crítica é que o sistema acaba sempre mostrando aos usuários “mais do mesmo'', além de “obrigar'' anunciantes a comprarem por espaços mais visíveis.

Uma mudança similar no Instagram, que ainda está em fase de testes, foi alvo de críticas dos usuários. Polêmica que também deve se estender aos amantes do Snapchat. Aguardemos cenas dos próximos capítulos.

 


Este site te ajuda a contar quantos dias faltam para o Carnaval 2017
Comentários Comente

Márcio Padrão

Tá com saudade do Carnaval, Natal ou férias e quer saber quantos dias faltam para essas épocas voltarem à sua vida?

Pois não precisa mais recorrer ao calendário e à matemática para isso. O site Contador de Dias faz isso por você automaticamente. Basta digitar a data inicial e a data final para saber quantos dias há entre os dois marcos.

O site também informa o número de dias convertidos em semanas. Entretanto, o site está apresentando um pequeno bug neste cálculo. Por exemplo: diz que a diferença entre as datas 28/02/2015 e 29/03/2015 é de 29 dias, ou “cinco semanas e seis dias''. Na verdade não é isso: são quatro semanas completas e um dia (os “seis dias'' seriam o que falta para completar a quinta semana).

Os apaixonados que quiserem fazer com seu/sua cônjuge alguma brincadeira ou referência ao filme “500 Dias Com Ela'' (foto) também poderão experimentar. Para sua curiosidade, 500 dias equivalem a 71 semanas e três dias. Ou cerca de um ano e cinco meses.


Apple investe em tecnologia para reciclar celulares antigos
Comentários 2

Lilian Ferreira

O lixo eletrônico é uma importante preocupação do mundo atual. As empresas têm sido responsabilizadas não só pelo lixo que produzem na fabricação de seus produtos, quanto pela destinação do próprio, depois de usado. Neste sentido, a Apple divulgou nesta segunda-feira (21) uma máquina capaz de desmontar seus aparelhos, chamado Liam. Com isso, cada parte poderá ser usada em outros equipamentos, como painéis solares, por exemplo.

Para devolver seus produtos no Apple Renew (Apple Renovável) o usuário pode entregar o aparelho em uma das lojas da marca ou pedir uma caixa pelo site e mandar pelo correio.

“Desenhamos nosso produto para durar, mas temos que pensar no que fazer quando eles não podem mais ser usados'', disse o porta-voz.

A empresa também afirmou que 93% da energia usada na operação da Apple é renovável e que o papel usado nas embalagens é 99% reciclado.


Sucesso do Dire Straits é a melhor forma de acabar um filme
Comentários Comente

Márcio Padrão

Uma canção de 31 anos da banda britânica Dire Straits voltou à pauta do dia após o americano Peter Salomone usá-la como a melhor trilha sonora para finais de filmes. Sim, qualquer filme, de qualquer época ou gênero.

Duvida? Veja como fica a melodia grudenta de “Walk of Life'' encerrando filmes como “2001 – Uma Odisseia no Espaço'':

“Robocop'':

“Star Wars'':

“O Iluminado'':

“A Origem'':

E até no final de “Friends'':

Facilmente reconhecida pela sua solar introdução no órgão, “Walk of Life'' é uma música do “Brothers in Arms'', o disco mais famoso do Dire Straits. É dele que saíram também os hits “Money For Nothing'', “So Far Away'' e “Your Latest Trick''. A forma como a melodia combina com qualquer cena, da mais leve à pesada, é quase mística.

O UOL falou com Salomone por e-mail sobre a brincadeira. “Meu amigo brincou dizendo que 'Walk of Life' seria a música de funeral perfeita, então combinei essa ideia por meu amor por finais de filmes. Tentei isso com poucos filmes –“Star Wars'', “2001'' e “Matrix''– gostei dos resultados e continuei. É o tipo de coisa que eu gostaria de ver na internet, então fiz eu mesmo''.

Curiosamente, ele não se diz um grande fã do Dire Straits. “Sou um fã casual. Realmente adoro “Walk of Life''. Também gosto do disco solo de Mark Knopfler, 'Sailing to Philadelphia''', destacou.

Salomone também disse que outras pessoas poderão colaborar. Basta postarem os vídeos com a hashtag #wolproject que ele incluirá as contribuições ao projeto. Veja a lista completa de filmes reimaginados no site oficial.

Para ter uma noção melhor de como fica o casamento da canção com os filmes, fique com a letra, que fala de um sujeito que toca músicas antigas na rua para ganhar a vida, mas ele o faz porque é assim mesmo, “a caminhada da vida'', filosoficamente falando.

Here comes Johnny singing Oldies, Goldies
'Be-bop-a-lula', baby, 'What I'd say'
Here comes Johnny singing 'I Got a Woman'
Down in the tunnels, trying to make it pay

He got the action, he got the motion
Oh yeah, the boy can play
Dedication, devotion
Turning all the night time into the day

He do the song about the sweet lovin' woman
He do the song about the knife
And he do the walk, he do the walk of life
Yeah, he do the walk of life

Here comes Johnny goin' tell you the story
Hand me down my walkin' shoes
Here come Johnny with the power and the glory
Backbeat, the talkin' blues

He got the action, he got the motion
Yeah, the boy can play
Dedication, devotion
Turning all the night time into the day

He do the song about the sweet lovin' woman
He do the song about the knife
And he do the walk, he do the walk of life
Yeah, he do the walk of life

Here comes Johnny singing Oldies, Goldies
'Be-bop-a-lula', baby, 'What I'd say'
Here comes Johnny singing 'I Got a Woman'
Down in the tunnels, trying to make it pay

He got the action, he got the motion
Oh yeah, the boy can play
Dedication, devotion
Turning all the night time into the day

And after all the violence and double talk
There's just a song in all the trouble and the strife
You do the walk, you do the walk of life
Hum, you do the walk of life


GPS com penas: pombos informam sobre qualidade do ar em Londres
Comentários Comente

Márcio Padrão

Você lembra do desenho “Máquinas Voadoras'', da Hanna-Barbera, em que Dick Vigarista e Mutley realizavam caçadas loucas pelos céus contra um pombo-correio com uma mochilinha? Pois a agência de marketing DigitasLBI, de Londres, criou seu próprio exército de pombos empacotados imbuídos de enfrentar a poluição aérea.

Equipados com mochilas que contêm sensores de poluição e rastreadores GPS, as aves começaram a voar sobre a cidade na segunda-feira (14) para monitorar a qualidade do ar e relatar suas descobertas. Esse primeiro experimento vai durar três dias.

Quem criou a mochila foi a start-up Plume Labs. O equipamento monitora o dióxido de azoto, ozono e compostos voláteis. Um veterinário faz parte da equipe para zelar pela saúde e bem-estar das aves.

A brincadeira também está nas redes sociais: os londrinos que estiverem curiosos para saber como está o ar perto de sua casa ou escritório podem enviar perguntas para a conta de Twitter @PigeonAir.

No site da empreitada é possível ver em que pontos de Londres cada pombo está no momento, com marcações no mapa da cidade.

A Plume Labs também procura por 100 pessoas –de preferência ciclistas e corredores– para testar seu sensor de poluição em versão vestível, em uma mochila para adultos.


Que vistoria que nada! Se bater o carro, você mesmo pode constatar danos
Comentários 1

Larissa Leiros Baroni

engavetamentoQuem já bateu o carro sabe muito bem o quão burocrático é acionar o seguro e receber o aval para encaminhar o veículo para o conserto. Mas a tecnologia (já era hora) pode tornar esse o processo um pouco menos doloroso.

A HDI Seguros, por exemplo, possibilita que o próprio segurado faça a constatação dos danos do veículo. Basta ter um smartphone com câmera e enviar as imagens do estrago pelo aplicativo da seguradora, disponível para Android, iOS e Windows Phone.

Isso evita que o segurado se desloque ou aguarde a visita do vistoriador, abreviando o tempo de análise do processo.

Uma mão na roda, não?!