Blog do UOL Tecnologia

Você teria um tablet que se transforma em smartphone? A Lenovo criou um
Comentários 1

Guilherme Tagiaroli

O mercado de tablets deu uma boa esfriada, e parte disso tem relação com o crescimento de telas dos smartphones. Agora, e se juntar os dois conceitos em um só produto? A ideia é esquisita, mas a Lenovo tem um protótipo de um tablet dobrável que vira smartphone – ou, se você preferir, um smartphone que vira tablet.

via GIPHY

O Lenovo Folio foi apresentado durante um evento da empresa chinesa chamado Lenovo Tech World, realizado nos Estados Unidos. Ele tem uma tela de 7,8 polegadas – ao ser dobrada, transforma-se em um smartphone de 5,5 polegadas. Além disso, ele conta com a versão 7.0 do Android instalada e um processador Snapdragon 800.

Quando está aberto, ele é um tablet comum. Ao ser dobrado, apenas uma parte da tela fica ativa, enquanto a outra fica escura. Agora, o que chama a atenção é o funcionamento da câmera no modo smartphone. Segundo o vídeo que mostra o protótipo em ação, a pessoa que será fotografada ou filmada conseguirá ver a si própria na tela que antes estava inativa.

via GIPHY

Não há previsão para comercialização – aliás, trata-se de um protótipo. No entanto, não deixa de ser mais uma amostra de desenvolvimento tecnológico. Enquanto isso, a gente fica esperando telefones com telas inquebráveis ou aparelhos decentes que tenham bateria que duram mais de uma semana.


Criaram uma carteira que tira foto de assaltante e até carrega celular
Comentários 1

Gabriel Francisco Ribeiro

Carteira conta com câmera embutida para tirar foto de ladrões (Crédito: Divulgação)

Já temos telefone inteligente, relógio inteligente, geladeira inteligente… o que faltava? Sim: carteira inteligente. Uma empresa criou uma “smart wallet” que pode agradar muita gente com funções pra lá de interessantes – entre elas, carregador de celular e um recurso que tira foto do assaltante se sua carteira é levada.

A carteira se destaca por ter uma mini-câmera interna que pode fotografar possíveis ladrões. Assim que você coloca a carteira em modo “perdida”, ela passa a tirar fotos de quem abrir o objeto e envia para você. Ela ainda conta com um localizador GPS para você saber onde a carteira está em qualquer lugar do mundo.

Além disso, a novidade serve também como um carregador de celular, já que tem a função de Power Bank integrada. A capacidade de cada Power Bank varia de 2.000 mAh a 5.000 mAh dependendo do modelo da carteira. Imagina deixar seu celular carregando em seu bolso junto à carteira?

Se tudo isso não basta, a carteira tem mais uma funcionalidade interessante: ela detecta automaticamente se você está esquecendo-a em algum lugar e dispara um alarme no celular. O mesmo ocorre inversamente: a carteira te avisa se você esquecer o aparelho em algum local. Se você apertar um botão na carteira, seu smartphone vai começar a tocar, mesmo se estiver no silencioso.

Essa carteira inteligente ainda pode ser de grande ajuda para viajantes, já que fornece um ponto wi-fi para você usar, ao invés do roaming. Contudo, não há muitos detalhes de como esse ponto wi-fi funciona.

Carteira serve como power bank discreto para carregar celular (Crédito: Divulgação)

Você pode pensar que um objeto desse seria todo diferente e feio, né? Mas não: a carteira é elegante e feita de couro. Todos os seus componentes estão escondidos. A empresa alega que o produto é leve e fino, mas isso só saberíamos com ela em mãos.

Feita por uma empresa chamada Volterman, o acessório está em fase de captação de recursos. A ideia foi tão bem recepcionada pelo público que a meta de investimento foi ultrapassada facilmente: já foram arrecadados mais de USS 460 mil (R$ 1,4 milhão) em uma espécie de pré-venda da carteira para custear os custos de fabricação. A meta era arrecadar US$ 45 mil (R$ 140 mil).

Nessa fase de pré-venda, a carteira sai por US$ 139 (R$ 440), o que inclui a carteira, cabos e carregador. A empresa oferece ainda opções de um conjunto para guardar cartões (US$ 98, ou R$ 310) e uma carteira para viagens (US$ 157, ou R$ 500) – o pacote com as três sai por US$ 365 (R$ 1,1 mil). Há ainda outras opções vendidas separadamente, como gravar iniciais (US$ 19, ou R$ 60) e carregador sem fio (US$ 29, ou R$ 91).


Loja ambulante: mulher é presa na China com 102 iPhones grudados no corpo
Comentários 34

Márcio Padrão

Oficiais da alfândega de Shenzhen, na China, prenderam na terça-feira passada (11) uma mulher com 102 iPhones e relógios presos ao corpo, o que a deixou 20 quilos mais pesada. A imprensa do país a apelidou de ''Mulher de Ferro''.

Os funcionários da alfândega pararam a suspeita depois de estranhar um ''inchaço'' no corpo dela, além de ter acionado o alarme no detector de metais. Os oficiais fizeram uma vistoria e descobriram os iPhones de vários modelos e 15 relógios de pulso de luxo.

Como Shenzhen faz fronteira com Hong Kong, funcionários da alfândega do aeroporto vêm prendendo vários contrabandistas ao longo dos anos.

O recorde de contrabando de iPhones na China foi registrado em 2015, com 146 celulares da Apple atrelados ao corpo. Naquele mesmo ano, outro cara tentou passar com 94 iPhones. São praticamente lojas da Apple ambulantes.


YouTube funcionará dentro do WhatsApp em breve, diz especialista
Comentários 4

Márcio Padrão

No domingo (16), o WhatsApp lançou uma nova atualização na App Store, com a versão para 2.17.40. Segundo o WABetainfo, conta de Twitter que adianta novidades do aplicativo, essa versão traz em seu código recursos escondidos do público que ainda estão sendo testados. Um deles é ver vídeos no YouTube sem que o usuário precise sair do app.

Para acabar com a necessidade de abrir o app do YouTube para ver o conteúdo do link de um vídeo que foi publicado na plataforma de vídeos mais popular do mundo, o WhatsApp vai facilitar as coisas.

Segundo a fonte, você poderá usar o gesto de pinça dos dedos para expandir o vídeo em uma janela independente ou clicar nele para expandi-lo em uma janela cheia. Além disso, poderá escondê-lo no primeiro modo, deslizando para a direita, enquanto continua lendo mensagens.

Este recurso ainda está em desenvolvimento e, segundo o WABetainfo, ainda não é possível manter ativo o vídeo se você mudar de conversa. Além disso, espera-se que o recurso novo funcione em iPhones a partir do 6 em diante. Não há notícias sobre esse recurso para usuários de Android e de Windows Phone.

Tags : whatsapp


Tecnologia x suvaqueira: empresa inventa acessório que mede nível de suor
Comentários Comente

Márcio Padrão

Smartphones podem ser muito reativos ao ambiente graças a peças como câmeras, giroscópio e GPS, mas um ponto fraco deles sempre foram os odores. Mas uma empresa de tecnologia japonesa chamada Konica Minolta começou a vender um aparelho adicional, operado via app de celular, que poderá (em tese) cheirar nossos corpos e detectar se estamos fedendo a suor.

Com esse invento, chamado Kunkun Body, as pessoas poderão testar três categorias de cheiro ao redor do corpo. O tal aparelho, que parece um gravador, se conecta por Bluetooth ao app. Este, por sua vez, divulga os resultados do exame discretamente, para que a vítima possa sair de fininho para atualizar a dose do desodorante ou tomar um banho.

Mais conhecida pela produção de câmeras e impressoras, a empresa acredita que existe um mercado para o ''verificador de cheiros'' no Japão porque os nativos do país são ''particularmente sensíveis ao cheiro'', segundo disseram ao jornal britânico ''The Guardian''. Há até uma palavra em japonês para o comportamento de irritar pessoas no escritório de propósito (!) com a suvaqueira: sumehara, ou ''cheiro de assédio''.

O repórter do ''Guardian'' Daniel Hurst se submeteu ao aparelho após andar 30 minutos no sol de Tóquio a caminho de evento de lançamento do produto. E uma análise atrás da orelha dele revelou leituras elevadas de cheiros de suor e odores de gordura média. Não houve, no entanto, nada detectado na categoria 'kareishū' – o que se traduz como ''cheiro de idade'', um odor associado a pessoas mais idosas.

A empresa disse que não tinha planos para vender o dispositivo fora do Japão. Uma pena, pois talvez fosse bastante útil para medir o fedor das pessoas nos metrôs, ônibus e trens brasileiros.


Usar o pênis para fazer login? É o que esta empresa está prometendo
Comentários 3

Márcio Padrão

As empresas de tecnologia estão em uma corrida silenciosa para melhorar a segurança dos dispositivos pessoais. O exemplo clássico disso são os smartphones, que há alguns anos vêm investindo em sensores de impressão digital, e mais recentemente, em reconhecimento dos olhos pela íris. Mas a CamSoda, plataforma de vídeos sensuais por webcam, pode ter ido um pouco longe demais.

Chamada apropriadamente de ''Dickometrics'' (''pauzômetro'' em tradução livre), a tecnologia diz ter criado uma tecnologia de reconhecimento de pênis.

É isso mesmo: o usuário poderá usar uma foto do seu pênis no lugar de uma senha tradicional. Então, quando ele fizer o login, a empresa usará seu revolucionário recurso para combinar a imagem do pênis com a foto inicial do membro cadastrada no perfil do usuário.

Segundo comunicado à imprensa estrangeira de tecnologia, Darren Press, vice-presidente da CamSoda, justificou o uso do recurso: ''Assim como a digital e o globo ocular, o pênis possui muitos fatores diferenciadores como tamanho, cor e protrusão de veia. No entanto, ao contrário das digitais e olhos, eles não são expostos ao público o maior tempo e são mantidos sob roupas e compartilhados com seus entes queridos –para quem é presumivelmente confiável''.

A empresa diz que a foto de um pênis ereto é ''preferível'', pois há mais ''qualidades diferenciadoras para a verificação''. Isso causaria um problema: e se o usuário quiser acessar rapidamente e ainda não conseguiu ''alcançar esse nível''?

Além disso, as usuárias mulheres ainda não podem usufruir dessa tecnologia por razões óbvias. Mas a CamSoda prometeu ''planos para desenvolver tecnologia similar para mulheres''. Reconhecimento de vulvas a caminho?

Na verdade, é bom frisar que a Camsoda não deu mais detalhes sobre a tecnologia ou em que plataformas funcionaria, portanto veja essa história com alguma desconfiança. A empresa não tem aplicativo móvel nas lojas oficiais App Store (iOS) e Google Play (Android). Usuários fazen login pelos meios ''normais'' no site da empresa para computadores mesmo.

Em nossas pesquisas, achamos um app deles no site AppsGeyser, no qual você baixa o pacote de instalação para o celular –só funcionaria em Androids, portanto.

Dito tudo isso, fica a pergunta:

Tags : sexo webcam


Cama tecnológica promete deixar marido e mulher na temperatura certa
Comentários Comente

Márcio Padrão

Quem é casado (a) e dorme em cama para dois sabe o drama que é manter a temperatura ideal para ambos. Se o marido é calorento, a esposa é friorenta, ou vice-versa. Ou quando um puxa mais o lençol para se cobrir para fugir do frio, mas deixa a outra pessoa descoberta?

Essa invenção chamada Smartduvet Breeze promete acabar com isso. O UOL Tecnologia já falou sobre a primeira cama da Smartduvet, lançada na plataforma de arrecadação Kickstarter no final de 2016, que já trazia a invejável função de arrumar o edredon sozinho. Agora essa nova cama faz isso e ainda esquenta cada lado da cama de casal de forma independente, de acordo com o que cada membro do casal deseja.

Assim como na primeira cama, esse novo produto também foi lançado em plataforma de arrecadação (no caso a Indiegogo), onde a empresa canadense esperava arrecadar US$ 20 mil para se tornar realidade. ''Esperava'' porque já superou bastante a meta: obteve US$ 197 mil até o momento em que esse texto foi publicado. A campanha se encerra daqui a 23 dias.

O edredon da Smartduvet Breeze é um tipo de cobertor recheado de ar e que se conecta a uma caixa de controle, que você pode esconder debaixo da cama. Essa caixa tem a função de controlar a intensidade de calor para cada metade do edredon. Como de praxe em produtos de casas inteligentes, o controle é feito por um app no celular do usuário.

A vantgem desse projeto, segundo os donos da empresa, é economizar o gasto de energia com ar condicionado ou aquecedor no quarto inteiro.

E quanto custa? Por enquanto, quem comprar antecipadamente pagará US$ 199 (R$ 666 na conversão direta). Já quando estiver à venda no varejo, a empresa deve adotar o preço de US$ 359 (R$ 1.200).


Estas fotos horríveis podem arruinar fama do celular do criador do Android
Comentários 2

Márcio Padrão

Na semana passada, o UOL Tecnologia falou do lançamento do Essential PH-1, ou Essential Phone, celular lançado pela Essential, a nova empresa de Andy Rubin, cocriador do sistema operacional Android. Ficamos empolgados com as novidades do aparelho, como visual bonito, tela ''infinita'', recursos modulares e câmera potente… tudo isso pelo menos no papel, já que ainda não vimos o aparelho de perto.

Pois sobre a câmera especificamente, um fato novo pode ter nos deixado bem desconfiados sobre o Essential Phone. O presidente da Essential, Niccolo de Masi, divulgou no seu perfil do Twitter duas fotos para mostrar a qualidade de imagem da câmera dupla de 13 MP. ''Horizonte capturado com meu Essential'', disse orgulhoso.

Divulgação/Twitter
Foto registrada com câmera do Essential Phone decepciona fãs do smartphone no Twitter

Mas as fotos, mostradas neste post, são terríveis na nossa opinião. Dá para perceber facilmente, sobretudo na área do céu, ''ruídos de imagem'' acima da média, quando a imagem fica cheia de ''quadradinhos'' resultantes de uma digitalização deficiente, que por sua vez é causada pela pouca entrada de luz. Além disso, os prédios ficaram bastante escuros, e as áreas iluminadas ''estouram''.

Um detalhe é que de Masi apagou o tuíte com essas fotos pouco após a má repercussão.

Nessas duas imagens temos praticamente um resumo dos principais problemas que afligem os smartphones de celulares. Se a primeira impressão é a que fica, a Essential vai penar para nos convencer de que a câmera é boa mesmo.

Temos ainda alguns vídeos gravados com a câmera em 360° que será um acessório modular do Essential Phone. Apesar de sabermos que esse tipo de gravação ainda está sua face de aceitação e experimentação, os vídeos parecem estar levemente desfocados. Se você mudar a resolução para 4K, vai melhorar um pouco, mas não o suficiente para melhorar esse foco.

Disponível em quatro cores (preto, chumbo, branco e verde), o Essential Phone é vendido promocionalmente nos EUA com a 360 Camera por US$ 749 (R$ 2.443), e sozinho por US$ 699 (R$ 2.280). São preços de celular top de linha lá fora, como o iPhone 7 e o Galaxy S8. Você pagaria tanto em um celular cuja câmera fará esses registros?


WhatsApp deve receber novos stickers e emojis, como os do Facebook
Comentários Comente

Bruna Souza Cruz

O Whatsapp planeja disponibilizar aos usuários stickers e emojis do Facebook. Quem traz a notícia é o perfil @WABetaInfo, que antecipa no Twitter testes feitos no aplicativo, antes mesmo de eles entrarem na versão beta.

Ainda não há detalhes sobre como e quando eles estarão disponíveis, mas já dá para ter uma ideia de como eles serão:

Os stickers já são um sucesso em aplicativos concorrentes do WhatsApp, como o Telegram.

Ao comentar a novidade, o @WABetaInfo aproveitou para ressaltar que o mensageiro tem usado cada vez mais a infraestrutura do Facebook para melhoria. ''Isso significa que o WA usará (também) os servidores do PFB para gerenciar as conexões?, postou.

Recentemente, o @WABetaInfo também contou que WhatsApp já testa o botão para desfazer o envio, uma ferramenta para ver a localização dos amigos em tempo real e a possibilidade de favoritar conversas no topo com a função ''pin'', que deixaria os chats que você escolheu fixados no topo do aplicativo.

Agora é torcer para os recursos virarem realidade logo.


Vazamentos mostram suposto novo design do iPhone 8 que agradará fãs antigos
Comentários 4

Gabriel Francisco Ribeiro

Novo iPhone 8 pode contar com design parecido com modelos 4 e 4S (Crédito: Reprodução)

Dois supostos vazamentos nesta semana mostram o que pode ser o novo iPhone 8, próximo celular da Apple que marcará os 10 anos do lançamento da linha. E pelas imagens é bem possível que o aparelho agrade bastante principalmente os fãs mais antigos do modelo.

O primeiro vazamento, visto acima, mostra uma suposta traseira do iPhone 8, com a parte de trás composta de vidro. Seria um design muito semelhante ao do iPhone 4 e 4S, celulares que deixaram saudades nos amantes da maçã. O aparelho ainda seria composto por alumínio.

A foto foi publicada em um site especializado em vazamento, mas deve ser levada com certo ceticismo. Imagens podem ser facilmente adulteradas.

Um outro suposto vazamento também apareceu na internet hoje. Um vídeo renderizado postado no YouTube mostra como o novo iPhone possivelmente será.

O vídeo foi feito por um francês que costuma vazar novos aparelhos com boa quantidade de acertos, segundo o site Business Insider. No ano passado, por exemplo, foi postada uma foto do iPhone 7 meses antes de seu lançamento.

Por esse vídeo, é possível tirar algumas conclusões:

– o iPhone 8 teria uma tela que cobriria toda a parte frontal do display, como o LG G6 e Galaxy S8
– as lentes da câmera dupla na traseira passarão a ficar na vertical (assim como na foto vazada)
– pode vir com duas câmeras frontais
– vidro ligeiramente curvado na frente e atrás, como no iPhone 4
– pode ter carregamento sem fio

O responsável pelo vazamento, contudo, diz que essa versão pode não se transformar no lançamento final porque a Apple tem testado vários protótipos.

Mas e você, gostou do possível novo iPhone 8?